Notícias Coordenadores debatem fichas de avaliação
Meio-Termo

Coordenadores debatem fichas de avaliação

Publicado: Segunda, 19 Agosto 2019 17:29 , Última Atualização: Quinta, 22 Agosto 2019 16:38

Desde 2018 a CAPES trabalha para melhorar os instrumentos de Avaliação. Naquele ano foram criados grupos de trabalho para discutir temas como autoavaliação e internacionalização, além da ficha de avaliação. No Seminário de Meio-Termo, um dos principais pontos debatidos pelas 49 áreas é exatamente este documento. Composta por duas colunas – uma com critérios gerais para os programas e outra específica para cada área de avaliação – a ficha mostra os pontos avaliados.

A coluna com os critérios gerais foi aprovada pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES). Agora, as áreas devem propor as definições e os indicadores que sejam mais adequados em cada modalidade, acadêmica ou profissional.

Professor da Universidade Federal de Pernambuco e coordenador da área de Biodiversidade, Paulo Jorge Santos, participa desde o início das discussões sobre a ficha e espera uma avaliação mais clara: “Acredito que ao final do Meio- Termo vamos ter uma ficha bastante sólida, robusta para propiciar uma avaliação mais simplificada e clara para a academia como um todo”.

As mudanças aprovadas pelo CTC-ES pretendem melhorar a qualidade da formação de doutores e mestres. A partir de 2021, cada PPG será avaliado em três quesitos: programa, formação e impacto na sociedade. Sônia Báo, diretora de Avaliação, afirma que a nova ficha é mais um passo para a avaliação multidimensional. “Tudo o que está por detrás do programa, como o corpo docente, a capacidade de pesquisa da instituição, produção de conhecimento, planejamento da pós-graduação e a autoavaliação passam a ser consideradas no processo de avaliação”, explica.

O conteúdo proposto por cada área será avaliado pelo CTC-ES, que definirá as 49 fichas para a Avaliação Quadrienal 2021. O Seminário de Meio-Termo acontece entre os meses de agosto e outubro deste ano.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu