Notícias British Council e instituições de ensino participam de workshops
Internacionalização

British Council e instituições de ensino participam de workshops

Publicado: Terça, 18 Junho 2019 17:39 , Última Atualização: Quarta, 19 Junho 2019 16:36

 MG 0012

Representantes do British Council e de instituições de ensino superior (IES) participaram, nesta terça-feira (18), de workshops sobre a qualidade na internacionalização. As atividades foram realizadas na sede da CAPES, em Brasília, durante seminário organizado pela Coordenação em parceria com o Conselho Britânico.

Participaram do seminário instituições de ensino superior brasileiras aprovadas no Programa Institucional de Internacionalização (PrInt) e entidades britânicas em busca de parcerias no Brasil. Além disso, o encontro também recebeu representantes de IES interessadas em ações de internacionalização.

Adi Balbinot, coordenador-geral de Acompanhamento e Monitoramento de Resultados da CAPES, explica que a troca de experiências entre Brasil e Reino Unido pode contribuir com a internacionalização das universidades do País. “Temos todo um processo de avanço no quesito da autoavaliação das nossas instituições, para que a gente possa fazer um benchmarking e saber como é que nós estamos. Tem toda uma preocupação com o perdurar, com fazer com que isso se torne sustentável”, destaca.

 MG 0057

Durante os workshops, os debates se concentraram em assuntos como a garantia de qualidade, o desenvolvimento de editais para chamadas, métricas de avaliação e operacionalização para planos estratégicos de internacionalização. Os encontros ainda foram uma oportunidade para os representantes de universidades esclarecerem dúvidas sobre o último edital do programa Universidades para o Mundo, lançado pelo Conselho Britânico.

“Poder realizar o seminário ontem e os workshops hoje foi muito valioso”, ressalta Vera Oliveira, gerente sênior de Projetos de Educação Superior e Fundo Newton do British Council. “A nossa ideia, com esse evento, tem sido poder divulgar para as universidades brasileiras e também receber o feedback delas sobre o edital”, completa.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu