Notícias Aberto o prazo para inscrição de projetos sobre epidemias
Pesquisas

Aberto o prazo para inscrição de projetos sobre epidemias

Publicado: Segunda, 06 Abril 2020 15:57 , Última Atualização: Segunda, 06 Abril 2020 17:13

Pesquisadores têm até 30 de abril para apresentar projetos sobre surtos, endemias, epidemias e pandemias. Serão financiadas até 30 iniciativas

CORONA

Os Programas de Pós-Graduação (PPGs) que estudam epidemiologia, infectologia, microbiologia, imunologia, bioengenharia e bioinformática já podem inscrever a partir desta segunda-feira, 06, projetos no edital do Programa de Combate às Epidemias da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Serão financiados até 30 projetos e concedidas 900 bolsas de doutorado e pós-doutorado, com investimento de até R$ 70 milhões. As inscrições vão até as 17h de 30 de abril de 2020.

Julival Ribeiro, consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia, ressalta que o investimento em pesquisas como as apoiadas pela CAPES neste edital é fundamental. Para ele, o mundo não estava preparado para enfrentar a pandemia da COVID-19. “Não sabemos quando teremos outra pandemia de gripe, mas ela virá. Investindo agora em projetos para estudar inquérito epidemiológico, desenvolvimento de diagnósticos e formas de tratamentos, entre outros temas, nossa Academia estará muito mais forte para dar respostas a futuras pandemias”, afirmou Ribeiro.

A iniciativa prevê o apoio a grupos de pesquisadores que estudem sobre surtos, endemias, epidemias e pandemias. A medida vai auxiliar tanto no entendimento e enfrentamento da atual crise do vírus corona, como no preparo do país para novos surtos. Os selecionados receberão até 18 bolsas de pós-doutorado e 12 de doutorado, além de receber R$ 345 mil em custeio e verba de capital.

Benedito Aguiar, presidente da CAPES, destaca que as universidades brasileiras têm potencial e precisa ser aproveitado e valorizado: "Neste momento de grande apreensão na sociedade brasileira, a CAPES intensifica o seu apoio aos programas de pós-graduação”.

O objetivo do programa é incentivar o desenvolvimento de estudos inovadores de prevenção, diagnóstico e estratégias terapêuticas, doenças infecciosas, seus agentes e vetores, além de contribuir para o desenvolvimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para profissionais de saúde e de tecnologias e mecanismos para monitoramento, mapeamento e controle de surtos, endemias, epidemias e pandemias.

Programa de Combate às Epidemias
O Programa é uma ação emergencial com investimento total de R$ 200 milhões de reais em quatro anos. O Combate às Epidemias é dividido em três fases. Na primeira, já iniciada, são distribuídas 900 novas bolsas na área da saúde para os PPGs. A segunda, referente a este edital, consiste no financiamento de até 30 projetos com a distribuição de mais 900 bolsas. A terceira etapa terá início nos próximos meses e prevê mais 800 bolsas para cursos das áreas de Exatas e Saúde.

Confira o edital.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu