Notícias CAPES prorroga início das aulas para novas turmas da UAB
Educação a Distância

CAPES prorroga início das aulas para novas turmas da UAB

Publicado: Sexta, 27 Março 2020 18:27 , Última Atualização: Segunda, 30 Março 2020 18:23

Diversas instituições de ensino comunicaram à CAPES a impossibilidade de iniciar os cursos devido ao COVID-19.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) autorizou as instituições a prorrogarem para 31 de agosto o início das aulas para as novas turmas ingressantes nos cursos do Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), selecionadas a partir do edital nº 05/2018. A decisão foi tomada em virtude das medidas emergenciais sugeridas pelos órgãos de saúde, devido ao COVID-19. Nos últimos dias, a CAPES recebeu a comunicação de diversas instituições de ensino informando sobre a impossibilidade de iniciar os cursos, com o esvaziamento dos seus campi.

Luiz Alberto Lira, coordenador-geral de Programas e Cursos em Ensino a Distância (EaD), disse que a decisão foi tomada em diálogo com as universidades e institutos, mas destacou que é “importante considerar que as instituições de ensino superior possuem autonomia em suas decisões sobre a gestão acadêmica dos cursos, bem como sobre o calendário de aulas”.

Formação UAB
Em 2006, o Sistema UAB foi instituído para levar para todo o Brasil, a oferta de cursos EaD de IES públicas integrantes, que já possuam programas de educação superior, a fim de diminuir as assimetrias regionais e ampliar o acesso ao ensino de qualidade.

A prioridade é a formação inicial e continuada dos professores da educação básica, assim como dirigentes, gestores e trabalhadores em educação dos estados, municípios e do Distrito Federal. Atualmente, o Sistema UAB conta com 133 IES públicas, ofertando 800 cursos em 777 polos.

Em março de 2018, a CAPES lançou edital nº 05/2018 para 100 mil vagas de cursos de educação superior. Em atendimento à Política Nacional de Formação de Professores, ao menos 70% das vagas são destinadas especificamente aos cursos de formação dos docentes.

São oferecidos cursos de licenciatura em matemática, português e ciências da natureza, bacharelados em biblioteconomia e administração pública, além de especializações em gestão pública e da saúde, e no ensino de filosofia, sociologia e matemática, entre outros.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu