Pular para: Menu Conteúdo Busca
Alto Contraste: contraste Tamanho de fonte: maior menor reset
FNDE publica resolução sobre concessão de bolsas do Plano Nacional de Formação de Professores PDF Imprimir E-mail
Quarta, 09 de Setembro de 2009 11:50

O Fundo Nacional De Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), publicou ontem, 8, no Diário Oficial da União a Resolução Nº 48, que estabelece orientações e diretrizes para concessão e pagamento de bolsas de estudo e de pesquisa do Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica.

As bolsas de estudo e pesquisa serão concedidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e pagas pelo FNDE diretamente aos beneficiários. Elas são destinadas aos coordenadores gerais, coordenadores de cursos e professores-pesquisadores participantes das instituições públicas de educação superior (Ipes) respoonsáveis por ministrar os cursos especiais presenciais de primeira e segunda licenciatura e de formação pedagógica do Plano. O período de duração das bolsas será de até quatro anos.

O Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica é uma ação conjunta do MEC, por intermédio da Capes, em regime de colaboração com as secretarias de Educação dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. O objetivo é atender a demanda por formação adequada, inicial e continuada dos professores em exercício das redes públicas de educação básica, por meio de cursos gratuitos de qualidade, mobilizando para isso a capacidade instalada das Ipes.

A Capes participa do Plano Nacional por meio das Diretorias de Educação Básica Presencial (DEB) e de Educação a Distância (DED), com o apoio das secretarias do Ministério da Educação.

Entre as responsabilidades da Capes, está a de instituir Comissão de Acompanhamento e Avaliação do Plano Nacional, assim como colaborar para a organização e divulgação do cadastro dos cursistas e beneficiários das bolsas. Cabe à Fundação, também, fornecer ao FNDE as metas anuais dos cursos especiais presenciais de primeira e segunda licenciatura e de formação pedagógica, bem como a estimativa da distribuição mensal de tais metas e dos recursos financeiros destinados ao pagamento de bolsas.

A Capes também é responsável por encaminhar ao FNDE os cadastros dos bolsistas e instituir orientações às atribuições e obrigações relativas às funções previstas para os bolsistas dos cursos especiais ministrados. Cabe ainda à Capes monitorar, analisar e registrar mensalmente os relatórios de ocorrências encaminhados pelas Ipes, relativos à permanência, interrupção ou cancelamento do pagamento das bolsas, para minimizar a evasão e garantir o sucesso dos professores em exercício em sua formação, contribuindo decisicamente para a melhoria da Educação Básica pública no Brasil.

Veja a portaria completa.

Saiba mais sobre o Plano Nacional de Formação de Professores:

Plano de formação vai motivar professores da educação básica, diz Lula
Plano prevê formação de 330 mil professores não graduados
Governo Federal institui política nacional de formação de professores
 
Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco L, Lote 06, CEP 70040-020 - Brasília, DF
CNPJ 00889834/0001-08 - Copyright 2006 Capes. Todos os direitos reservados.
Participe:Transparência Públcia Selo Acesso BR
Conheça também: MEC | CNE | INEP | CNPq