Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Seminários > III Colóquio SAINT-HILAIRE
Início do conteúdo da página
banner-sainthilaire-full.jpg

Apresentação | Programação | Palestrantes | Notícias

Apresentação

Tema: Políticas Energéticas e Uso do Território no Século XXI

O Programa Saint-Hilaire é uma parceria entre a Capes e a Embaixada da França, iniciada em 2010, para apoiar a edição de obras científicas nas áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas sobre as grandes questões que permeiam o Brasil contemporâneo, a fim de valorizar as pesquisas realizadas de forma conjunta e favorecer os intercâmbios científicos e institucionais entre o Brasil e a França.

Data: 21 e 22 novembro de 2012
Local: Edíficio-sede da Capes
Brasília - DF


Programação

21 de novembro 2012 – Capes

9h as 9h45 - Abertura
Jorge Guimarães
Denise Neddermeyer
Embaixador da França ou Jean-Paul Rebaud
Cornélia Eckert
Hervé Théry

9h45 as 11h
Conferência de abertura
Dr. Sébastien Velut

11h as 11h15 - Intervalo

11h15 as 12h15
Apresentação dos projetos: “Arte e Vida Social: Pesquisas recentes no Brasil e na França.” e “Escravidão e Subjetividades no Atlântico Luso-brasileiro e Francês.”
Glaucia Kruse Villas-Bôas e Alain Quemim.
Hebe Maria C. M. de Castro e Myriam Cottias

12h15 as 14h - Intervalo

14h as 14h30
Apresentação da Capes
Denise Neddermeyer

14h30 as 15h
Apresentação balanço REFEB
Eric Bourland/Stéphanie Nasuti

15h as 15h30
Apresentação Portal de Periódicos da Capes
Elenara Almeida

15h30 as 16h
Apresentação da edição eletrônica do Open Edition

16h as 16h15 - Intervalo

16h15 as 17h15
Apresentação dos projetos: “A imagem ritual: Agentividade e memória em contextos rituais.” e “Memória e novos Patrimônios.”
Carlos Fausto e Carlo Severi
Vera Lucia Doyle L. M. Dodebei e Cécile Tardy

17h15 as 17h45
Deslocamento para Embaixada da França
Somente convidados

17h45 as 18h15
Lançamento e apresentação do projeto: “Inovação, território e arranjos cooperativos”.
Sônia Maria Guimarães Laranjeira e Bernard Pecqueur

22 de novembro 2012 - Capes

9h as 10h30
MESA 01 – Energia, indústria e tecnologia: Questões para a política científica no Século XXI.
(Moderador)Marcelo Poppe – CGEE - BR
Gesmar Santos – IPEA - BR
Carlos Winograd – Université de Sorbone - FR

10h30 as 12h
MESA 02 – Políticas energéticas e formação territorial.
(Moderador) José Sérgio L.Lopes – Museu Nac. RJ - BR
Christophe Paillard – FR
Célio Bermann – IEE/USP - BR

12h as 14h - Intervalo

14h as 15h30
MESA 03 – economia verde: políticas públicas e participação social.
(Moderador) Eduardo José Viola – UnB
Arthur Riedacker – CIRED - FR
Pedro Roberto Jacobi – IEE/USP - BR

15h30 as 17h
MESA 04 – Controvérsias tecnológicas, nucleares e sociedade.
(Moderador) Romain Garcier – ENS LSH - FR
Bernard Multon – ENSET - FR
Antenor Lopes (IPEA) – BR
Fábio Bittencourt (ANEEL) – BR

Encerramento


Palestrantes

Fábio de Azevedo Petra Bittencourt
Fábio de Azevedo Petra Bittencourt é servidor da Agência Nacional de Energia Elétrica desde 2007, no cargo de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia, onde atua na área de outorgas para serviços de geração de energia elétrica. Foi engenheiro da Eletronuclear entre 2003 e 2006, em Angra dos Reis, onde atuou na área de instrumentação e controle de reatores nucleares. Trabalhou no Instituto de Pesquisas da Marinha, no Rio de Janeiro, de 2000 a 2002, com desenvolvimento de sistemas eletrônicos. É graduado em Engenharia Eletrônica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e encontra-se concluindo o Mestrado em Planejamento e Gestão Ambiental pela Universidade Católica de Brasília.

Célio Bermann
Arquiteto pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (1975); Mestre em Ciências em Engenharia de Produção, na área de Planejamento Urbano e Regional (COPPE/UFRJ, 1978), Doutor em Engenharia Mecânica, na área de Planejamento de Sistemas Energéticos pela Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual de Campinas (1991). Atualmente é Professor Associado (Livre Docente) - ref. MS-5 - RDIDP no Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo. Atua na área de Energia e Meio Ambiente, principalmente nos seguintes temas: Politica Energética, Planejamento Energético, Alternativas de oferta energética, Energia e sociedade, e Sustentabilidade Energética. Pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É autor de diversos artigos e publicações, entre as quais os livros "Energia no Brasil: Para quê? Para quem? - Crise e alternativas para um país sustentável", São Paulo: Ed. Livraria da Física/FASE, 2002; e "As novas energias no Brasil: Dilemas da inclusão social e programas de Governo". Rio de Janeiro: FASE, 2007.

Sonia K Guimaraes
Professora titular do Departamento de Sociologia e do Programa de Pós-Graduacao em Sociologia, UFRGS. Pesquisadora 1B CNPq. Autora de vários artigos em periódicos indexados nacionais e internacionais (a maioria sob o sobrenome Larangeira). PhD em Sociologia pela London School of Economics and Political Science, Universidade de Londres. Realizou estágio pós- doutoral na Sloan School of Management, MIT, Cambridge (MA), Estados Unidos. Atualmente dedica-se ao estudo do setor de servicos intensivos em conhecimento, sob a abordagem da Sociologia Econômica, desenvolvendo pesquisas sobre empreendedorismo de alta tecnoliga, relacao universidade-empresa e inovacao. Coordena o Grupo de Pesquisa/UFRGS/ CNPq Trabalho na Sociedade Contemporânea (http://www.ufrgs.br/ppgsocio). E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Antenor Lopes
Pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) junto a Diretoria de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais. Até 2009 foi Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia na Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) onde atuou nas áreas de geração de energia elétrica e gestão de P&D a cargo das concessionárias do setor elétrico. Formado em química tecnológica pelo Instituto de Química da UNICAMP, tem doutorado na área de química ambiental com especialização no Micro and Trace Analysis Centre (MiTAC) da Universidade de Antuérpia – Bélgica (2002). Autor, em parceria, de duas patentes requeridas na área de tecnologia industrial junto ao INPI, além de outras publicações em periódicos e anais. Atualmente no IPEA realiza pesquisas na área de energia elétrica com foco em diferentes temas, como: fontes renováveis, compensação financeira, sustentabilidade ambiental, etc.

Gesmar Rosa dos Santos
Pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA. Doutor em Desenvolvimento Sustentável pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília, tema de pesquisa agroenergia. Mestre em Planejamento e Gestão Ambiental pela Universidade Católica de Brasília (2005). Graduado em Física pela Universidade Católica de Brasília (1992), com especialização nas áreas de Mecânica e Termodinâmica. Foi pesquisador do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP. Áreas de pesquisa atualmente: Estado, Desenvolvimento e Meio Ambiente; Energia Renovável e Meio Ambiente; Agricultura. Possui publicações nas áreas de política e dinâmica produtiva na agricultura e cadeias de etanol e biodiesel.

Pedro Roberto Jacobi
Prof. Titular Faculdade de Educação e Programa de Pós Graduação em Ciência Ambiental da Universidade de São Paulo
Coordenador do Laboratório de Governança Ambiental- GovAmb da USP
Editor da Revista Ambiente e Sociedade

Arthur Riedacker
Arthur Riedacker é engenheiro agrônomo e diretor de pesquisa honorário do INRA (Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica), especializado em agronomia, florestas, energia, diminuição e adaptação às mudanças climáticas e em desenvolvimento sustentável.
No decorrer de sua carreira, ocupou diversas funções públicas envolvidas em negociações internacionais sobre o clima. De 1987 a 2004, foi encarregado de missão no departamento de Pesquisa do Ministério da Cooperação e negociador para a convenção sobre o clima. De 1997 a 2004 foi encarregado de missão junto à Missão interministerial sobre efeito estufa e negociador no âmbito do protocolo de Kyoto e dos acordos de Bonn e de Marrakech. Em 2007 obteve o co-prêmio Nobel da Paz por suas contribuições no GIEC (IPCC) desde 1990. É autor de várias publicações, dentre as quais:
- 2012 : "Avaliação integrada do ciclo de vida para o desenvolmimento sustentável", com Stefano Migliore, capítulo 15, 907'-1031, Biocombustíveis, coordonadores Electo Eduardo Silva Lora e Osvaldo José 'Venturini , 1200 páginas, Ed. Interciêca
- 2011 « A energia no desenvolvimento da Nouvelle–Calédonie » trabalho realizado a pedido do governo da Nouvelle Calédonie e da ADEME sob a direção de 'Y Lebars ,coordenação científica :E. Faugère, B. Multon, A. Riedacker et S. Velut. Éd. IRD
- 2004: « Florestas e mudanças climáticas » Édição Silva com o apoio da UE e da FAO, 290 páginas.

Christophe-Alexandre PAILLARD
Desde 1° de outubro de 2012, Christophe-Alexandre Paillard é vice diretor de assuntos estratégicos no Ministério da Defesa. É encarregado de matérias primeiras, de negócios econômicos, de tecnologias chaves e da América do Sul. Foi anteriormente diretor de negócios jurídicos, internacionais e tecnológicos da comissão nacional da informática e das liberdades, a CNIL, de dezembro 2010 a abril 2012.
Ele também serviu em diversas funções públicas ligadas às questões migratórias, econômicas, tecnológicas e industriais, de ajuda pública ao desenvolvimento, e enfim ao urbanismo e à comunicação da cidade de Paris.
Ex aluno da Escola Nacional de Administração, ele também é diplomado em Sciences Po Paris, titular de un DESS em DRA e de um master de história russa. Ele é professor de macroeconomia e autor de obras especializadas em questões econômicas.

Sébastien Velut
Sébastien Velut é geógrafo, professor na Universidade Paris 3 Sorbonne Nouvelle. Ele é diretor do Instituto de Altos Estudos da América lLtina e do Centro de Pesquisa e de Documentação das Américas (CREDA -UMR 7227). Após uma tese dedicada ao federalismo argentino (2000), ele obteve uma habilitação para dirigir pesquisas sobre a "Globalização e o Desenvolvimento Territorial na América Latina" Ele é membro do conselho científico da Universidade de Paris 3 e do Estabelecimento Público de Cooperação científica Condorcet e animador da Aliance Athena do grupo de trabalho sobre energie e SHS. É membro dos comitês de redação do "Espaço Geográfico" "Mapamundi", Confins" e "Cadernos das Américas Latinas". Seus trabalhos estão voltados principalmente para a geografia política do desenvolvimento na América latina, em particular para as questões de meio ambiente e de energia.

 


Notícias

Fim do conteúdo da página