Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Seminários > Educação Comparada - 2013
Início do conteúdo da página

Educação Comparada - 2013

Publicado: Sexta, 22 Julho 2016 11:24 | Última Atualização: Quinta, 25 Agosto 2016 11:03
banner-EducComparadaNovasAbordagensFormDocentes-full.jpg

Apresentação | Programação | Palestrantes | Notícias | Fotos

Apresentação

 A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - UNESCO, realizará no dia 19 de março de 2013, no Auditório do Edifício Sede da CAPES, o Seminário Internacional "Educação Comparada e novas Abordagens na Formação Docente".

O Seminário tem como objetivo principal debater as conquistas e os desafios da formação de docentes, por meio da análise de experiências internacionais na área de educação assim como debater a Educação Comparada no contexto das necessidades de aperfeiçoamento de professores da educação básica.

O evento contará com a presença de grandes especialistas nacionais e internacionais que discutirão temas como a formação de professores nos Estados Unidos e na União Europeia e a importância e os limites da educação comparada na formação de professores. Será adotada a dinâmica de mesas- redondas, coordenadas para dialogar, compreender e socializar experiências e reflexões sobre os avanços conceituais da educação comparada e os impasses e desafios do "empréstimo de idéias".

O Seminário converge para um momento crucial da história da educação no Brasil em termos de investimento na formação inicial e continuada de milhões de professores da educação básica, que pode se beneficiar de estudos internacionais comparados, de modo a subsidiar o processo de renovação já amplamente institucionalizado pela Capes em programas de pós-graduação no país e no exterior..

Este esforço em reunir expertise no assunto e sensibilizar quanto à relevância do tema culmina com o lançamento do livro "Educação Comparada – Panorama Internacional e Perspectivas", organizado pelo Prof. Robert Cowen da Universidade de Londres e Prof. Andreas Kazamias da Universidade de Wisconsin-Madison, obra que analisa criticamente os desafios desse campo de estudos e suas perspectivas para o futuro.

O público consistirá de docentes e discentes da área de educação, Coordenadores de Programas de Pós-graduação em Educação, dirigentes e funcionários do Ministério da Educação, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, do Conselho Nacional de Secretários de Educação – Consed e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime, Coordenadores de Observatório da Educação, Coordenadores do Programa Institucional de Bolsa de iniciação à docência, Coordenadores do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica – PARFOR, e Coordenadores do sistema Universidade Aberta do Brasil, Diretores de Faculdades de Educação, membros do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES) e da Educação Básica (CTC-EB), e todos aqueles profissionais vinculados à temática da Educação Comparada.

As inscrições são gratuitas e estarão abertas até o dia 17 de março.


Programação

 SEMINÁRIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO COMPARADA E NOVAS ABORDAGENS NA FORMAÇÃO DOCENTE MEC/CAPES/UNESCO

Data: 19 de março de 2013
Local: Sede da CAPES - Brasília

PROGRAMA

Manhã

8h30 – 9h: Credenciamento

9h - 9h20: Abertura
Aloisio Mercadante Oliva (Ministro da Educação – a confirmar)
Jorge Almeida Guimarães (Presidente da CAPES)
Lucien André Muñoz (UNESCO)

9h20 – 10h: Apresentação do Livro
Educação Comparada: Panorama internacional e perspectivas, UNESCO/CAPES, 2012 - Robert Cowen (Institute of Education - University of London) e Andreas Kazamias (University of Wisconsin Madison)

10h – 10h15: Comentário sobre a relevância do livro no contexto da educação brasileira: Célio da Cunha (Universidade de Brasília e Universidade Católica de Brasília)

10h30 -11h30: Mesa Redonda: Formação de Professores nos Estados Unidos e na União Europeia
Conferencista: Andreas Kazamias (University of Wisconsin Madison)
Moderador: Denise Neddermeyer (DRI/Capes)
Debatedores: Clarilza Prado (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Fundação Carlos Chagas), Ronaldo Mota (Institute of Education - University of London), Bernardo Kipnis ( Universidade de Brasília)

11h – 12h - Debates

12h - 14h30 - Almoço

Tarde

14h30- 15h30: Mesa Redonda: Importância e limites da Educação Comparada na formação de professores
Conferencista: Robert Cowen (Institute of Education - University of London)
Moderador: Carmen Moreira de Castro Neves (DEB/CAPES)
Debatedores: Luiz Carlos Menezes (Universidade de São Paulo) e Claudio Moura Castro (Faculdade Pitágoras)

15h30 – 16h20: Debates

16h30: Encerramento

16h45: Cooffe break com Lançamento do Volume I da obra Educação Comparada: panorama Internacional e perspectivas.


Palestrantes

 Acesse o livreto com os currículos dos palestrantes.


Notícias


Livro

 Acesse a versão eletrônica do livro.

scan capa livro educacao comparada''Educação Comparada: panorama internacional e perspectivas'', organizado por Robert Cowen e Andreas Kazamias

Os dois volumes desta obra discutem os debates e os trabalhos acadêmicos que estão sendo desenvolvidos, ou que já foram concluídos, na área de estudo chamada educação comparada. Os volumes argumentam que aquilo que é considerado "boa" educação comparada tem mudado ao longo do tempo. Analisam as agendas acadêmicas mutáveis, as perspectivas de atenção em transformação e as diferentes linguagens acadêmicas utilizadas para construir educação comparada. Mostram as maneiras pelas quais a educação comparada responde às mutantes políticas e econômicas de eventos reais no mundo, assim como às correntes intelectuais que são fortes em tempos e locais específicos. Em consequência, diversas educações comparadas podem ser identificadas, tanto em um momento específico quanto ao longo do tempo. Essa área de conhecimento, como outras, está mudando com as novas leituras do mundo que emergem atualmente. Portanto, este é um relato de como um campo de estudo foi, é e está sendo considerado dentro das políticas de seu tempo.

O Volume I analisa, principalmente, a construção de uma educação comparada nos séculos XIX e XX. O Volume 2 mostra quão vigoroso é o campo hoje, dentro das novas políticas da atualidade. A primeira seção da obra é sobre a história do campo de estudos. As últimas duas seções tratam do futuro. As seções intermediárias analisam a relação entre a educação e (a) formações políticas, (b) industrialização e sistemas econômicos, (c) o global, o inter-nacional e o local, (d) o pós-colonialismo, (e) os padrões culturais, conhecimento e pedagogias.

Esta obra é uma importante declaração da condição de um campo; não é uma declaração por modismo. O futuro da educação comparada é tratado, especialmente no Volume 2, sem a convicção precipitada de que o futuro tem a ver com o choque de civilizações; ou de que o futuro seja mais globalizado; ou de que é necessário apenas melhor entendimento de uma perspectiva intelectual. Este livro é produzido em um momento crucial da história dessa área do conhecimento e deixa em aberto seu futuro, oferecendo uma ampla diversidade de maneiras para falar sobre esse futuro.


Fotos

 

 

Fim do conteúdo da página