Sala de Imprensa Notícias Nova chamada é aberta para expedição na costa brasileira
Chamada 388

Nova chamada é aberta para expedição na costa brasileira

Publicado: Segunda, 18 Fevereiro 2019 10:11 , Última Atualização: Quinta, 21 Fevereiro 2019 19:09

O International Discovery Program (IODP) abre mais uma oportunidade para os pesquisadores em assuntos oceânicos: a Expedição 388 – Equatorial Atlantic Gateway. Os interessados poderão se inscrever até o dia 1º de abril, e a pesquisa acontecerá entre 26 de junho e 26 de agosto de 2020, abordo do navio Joides Resolution.

Em um feito inédito, a Expedição estudará a evolução tectônica, climática e biótica do Portal Equatorial do Atlântico, em três locais, próximos ao Platô Pernambucano (plataforma continental do nordeste brasileiro). Este projeto é voltado aos pesquisadores em nível de doutorado, pós-doutorado ou pleno, com mais de 8 anos de título, em todas as especialidades relacionadas ao tema “mar profundo”. Durante sua permanência no navio as despesas de acomodação e alimentação serão custeadas pelo Programa.

Gerson Fauth é coordenador do Instituto de paleontologia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) e atuará como co-chief na expedição 388. “Os brasileiros estão tendo a grande oportunidade de testar suas hipóteses através de amostras coletadas em grandes profundidades, ou seja, é uma enorme oportunidade para o mundo científico”, comentou ao convidar os cientistas a participarem do projeto. Assista abaixo o depoimento.

Expedição IODP 387 – Amazon Continental Margin
No dia 1º de fevereiro foi lançada a chamada para a expedição 387 que perfurará a parte superior da bacia da Foz do Amazonas, na margem equatorial do Brasil. Esta expedição acontecerá no primeiro semestre de 2020, entre 26 de abril e 26 de junho, e tem prazo de inscrições aberto até 1º de março.

Programa IODP
O International Ocean Discovery Program (IODP) é um programa internacional de pesquisas marinhas, que busca investigar e monitorar a história e a estrutura da Terra, a partir do registro em sedimentos e rochas do fundo do mar.
O programa reúne parte significativa da comunidade científica atuante nas ciências do mar em águas profundas de diversos países usando avançada tecnologia em perfuração oceânica.

Quer saber como funciona uma expedição marítima? Assista “O que é uma expedição”, uma produção de Cristiane Delfina, selecionada pelo edital 26/2017 para divulgação científica da expedição 369 - Australia Cretaceous Climate and Tectonics. 

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu