Sala de Imprensa Sala de Imprensa Notícias Programa investirá mais de R$ 6 milhões na modernização de cursos de Engenharia
PMG-EUA

Programa investirá mais de R$ 6 milhões na modernização de cursos de Engenharia

Publicado: Quinta, 31 Janeiro 2019 17:43 , Última Atualização: Quinta, 31 Janeiro 2019 17:51

A CAPES divulgou nesta quinta-feira, 31, o resultado final do edital nº 23/2018, do Programa Brasil – Estados Unidos de Modernização da Educação Superior na Graduação (PMG – EUA).

O foco é a troca de experiências entre as instituições de ensino superior brasileiras (IES) e norte americanas para modernizar os cursos de graduação e fortalecer os sistemas de educação superior, ciência, tecnologia e inovação.

As IES poderão conhecer modelos de ensino e equipamentos que são referência no exterior e implementar no Brasil com as devidas adaptações, ajudando no desenvolvimento do ensino brasileiro. Para essa primeira experiência, foram escolhidas as áreas de engenharia, por ser considerada estratégica para o mercado de trabalho e desenvolvimento nacional.

As universidades selecionadas terão oito anos para desenvolver as ações. Segundo Patrício Marinho, coordenador de Parcerias Estratégicas no Norte Global e Oceania da Diretoria de Relações Internacionais da CAPES, “a ideia é que os membros dos projetos façam uma espécie de troca e diálogo com outras instituições e busquem formas de modernizar os cursos brasileiros".

Este primeiro edital do PMG foi direcionado para os cursos de engenharia e conta com a cooperação da Comissão Fulbright e o apoio do Conselho Nacional de Educação (CNE). A CAPES vai investir cerca de R$ 2 milhões para a manutenção do projeto, missões de trabalho no exterior e visitas de curta duração. A Fulbright vai investir US$ 1,2 milhão (cerca de R$ 4,4 milhões) com as atividades de especialistas visitantes no Brasil e recursos de capital.

Consulte as instituições selecionadas aqui.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu