Sala de Imprensa Sala de Imprensa Notícias Seleção aberta para pesquisador na área de recursos hídricos
Áustria

Seleção aberta para pesquisador na área de recursos hídricos

Publicado: Quarta, 23 Janeiro 2019 17:39 , Última Atualização: Quarta, 23 Janeiro 2019 17:39

O International Institute for Applied Systems Analysis (IIASA), organização científica multilateral com sede na Áustria, abriu seleção de pesquisador com doutorado para atuação em modelagem de recursos hídricos. Confira a página da seleção.

Candidatos precisam ter doutorado em hidroinformática, hidrologia, clima, ciência ambiental, engenharia, informática ou área afim. É necessário ter alto nível em inglês, conhecimento de programação (Python, Fortran, C / C ++, GAMS) e apresentar experiência em sistemas de informação geográfica (por exemplo, ArcGIS ou QGIS) e subversioning (git, GitHub, Jupyter Notebook).

Para se inscrever, é necessário apresentar carta de apresentação, currículo, dois exemplos recentes de trabalhos de pesquisa, além de nomes e contatos (incluindo e-mail) de três pessoas de referência relacionadas ao trabalho. Os documentos devem ser enviados para o endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. As inscrições estão abertas até o preenchimento da vaga.

O candidato selecionado vai atuar no projeto do Sistema Europeu de Predição do Clima (EUCP). Entre as tarefas está o desenvolvimento de um modelo hidrológico e de recursos hídricos de código aberto, a criação de um Modelo Comunitário da Água (CWatM), e a elaboração de indicadores setoriais e intersetoriais para avaliar riscos hidrometeorológicos futuros (por exemplo, inundação, seca, escassez de água). O trabalho envolve interação com especialistas de múltiplas áreas, como economistas, ecologistas, hidrólogos, modeladores, interessados e cientistas sociais.

A extensão do contrato é de um ano, podendo ser prorrogada, uma vez que o projeto EUCP terá uma duração prevista de quatro anos (2018-2021). O trabalho será realizado na sede do IIASA em Laxenburg, cidade próxima de Viena. Além da remuneração, o IIASA oferece e benefícios como auxílio para mudança, custeio escolar para crianças e cinco semanas de férias anuais. Os salários do IIASA estão isentos de impostos na Áustria.

IIASA
Fundado em 1972, o IIASA realiza pesquisas sobre temas de alta complexidade, difíceis de abordar por países ou disciplinas acadêmicas isoladas. Os resultados devem fornecer insumos para formulação de políticas, encontrando soluções para problemas globais.

O Brasil é um dos 23 membros da organização, e a CAPES é a representante do país no instituto. Além de compor o conselho gestor da instituição, a CAPES tem assento em dois comitês: Executivo e de Divulgação, Capacitação e Engajamento Científico.

A criação do IIASA foi uma iniciativa dos Estados Unidos e da ex-União Soviética durante a Guerra Fria, para aproximar Leste e Oeste. Os atuais membros incluem Suécia, Egito, Vietnã e Índia. Segundo o IIASA, 71% da economia e 63% da população mundiais estão representados na composição do instituto.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu