Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Educação a Distância apresenta resultado de visita às escolas do Piauí
Início do conteúdo da página
Balanço

Educação a Distância apresenta resultado de visita às escolas do Piauí

Publicado: Quarta, 01 Agosto 2018 12:26 | Última Atualização: Segunda, 06 Agosto 2018 08:59

Foi finalizado nesta terça-feira, 31/07, o relatório da visita técnica realizada por membros da Diretoria de Educação a Distância (DED) da Coordenação de Pessoal de Nível Superior (CAPES) às escolas públicas de municípios do Piauí, no âmbito do programa de mestrado profissional específico para professores da educação básica com foco na melhoria do ensino na sua disciplina.

Esta visita teve por objetivo avaliar o mestrado profissional em Letras (ProfLetras). O documento final foi encaminhado às coordenações nacional e local, situadas na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

O ProfLetras pretende melhorar a condição dos professores que passaram pelo mestrado na área de Letras e a visita técnica serve para verificar a aplicação dos resultados das dissertações escolhidas, cujo foco seja a melhoria do método de ensino, em sala de aula.

O processo de seleção dos trabalhos passa pela Plataforma Sucupira. Depois de selecionados os trabalhos que atendem às especificações são escolhidas as escolas que receberão as visitas. Aqui a preferência recai sobre as unidades escolares em municípios periféricos, em geral, as mais vulneráveis.

Norte e Nordeste foram as regiões escolhidas
A visita às escolas do Piauí ocorreu entre os dias 22 e 25 de maio, e contou com a participação de Luiz Alberto Rocha de Lira, coordenador geral de programas e cursos da DED/CAPES. Foram visitadas três escolas em municípios afastados da capital, Teresina.

Na primeira delas, Escola Municipal Mascarenhas de Morais, a equipe conversou com a professora Maria de Jesus Santiago sobre os impactos do Programa na sua atividade. Atuando em três séries (7°, 8° e 9° ano) ela destacou a importância do ProfLetras em seu trabalho.

Em conversa com alunos de uma de suas turmas, a equipe ouviu que a nova metodologia de ensino utilizada pela docente, a partir de uma atividade de piadas como forma de expressão, tem contribuído significativamente para a compreensão da língua e para o aprendizado da turma.

Na segunda visita, feita à Escola Municipal Parque Piauí, os pesquisadores conversaram com o professor Karpgianne Medeiros que demonstrou muita satisfação com seu trabalho e destacou que todo o aprendizado do curso do ProfLetras foi direcionado para a atualidade. A escola – 1° colocada na Prova Brasil – vivencia algumas dificuldades com seus alunos que, em sua maioria, não possuem incentivo ou apoio dos pais.

A terceira e última unidade visitada, Escola Rosângela Reis, a equipe conversou com a professora de inglês, Antônia Barbosa, que atua no Ensino de Jovens e Adultos (EJA). A docente está aplicando em seus conteúdos os referenciais metodológicos desenvolvidos em sua dissertação do ProfLetras. Apesar de o estabelecimento de ensino ser uma infraestrutura improvisada – o espaço era uma igreja e foi cedida pelo estado do Piauí para atender as aulas – foi possível identificar o compromisso da professora com suas aulas.

Centro-Oeste será avaliado
A próxima etapa de visitas técnicas do Programa será a partir da Universidade Federal do Tocantins (UFTO), Campus de Araguaína. Dessa vez a avaliação será do ProfHistoria e os coordenadores esperam encontrar resultados tão bons quanto os do Piauí.

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura “CCS/CAPES"

Fim do conteúdo da página