Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > CAPES assina acordo para edital na área de Defesa Nacional
Início do conteúdo da página
Pró-Defesa IV

CAPES assina acordo para edital na área de Defesa Nacional

Publicado: Quinta, 05 Julho 2018 17:41 | Última Atualização: Sexta, 13 Julho 2018 08:08

Foi realizada na manhã desta quinta-feira, 5, no salão nobre do Ministério da Defesa, a assinatura de acordo para edital da 4ª edição do Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Defesa Nacional (Pró-Defesa), com a presença de autoridades do ministério anfitrião e da diretoria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES).

05072018 por defesa img 0043
Abilio Baeta Neves discursando em cerimônia no Ministério da Defesa (Foto: Haydée Vieira - CCS/CAPES)

O programa visa oferecer 60 bolsas de mestrado, doutorado e estágio pós-doutoral e 216 mensalidades de auxílio-moradia e tem uma previsão orçamentária total de mais de R$ 6 milhões, sendo R$ 2,4 milhões do Ministério da Defesa e R$ 4,2 milhões da CAPES, para cinco anos. O objetivo do Pró-Defesa VI é estimular, no país, a realização de projetos conjuntos de pesquisa, utilizando-se de recursos humanos e de infraestrutura disponíveis em diferentes instituições de ensino superior (IES), Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) ou Instituições Militares de Ensino e Pesquisa. Dessa forma, espera-se possibilitar a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de recursos humanos pós-graduados em Defesa Nacional, contribuindo, assim, para desenvolver e consolidar o pensamento brasileiro nessa área.

Durante suas saudações aos presentes, o ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, ressaltou os dados resultantes da importante parceria entre o ministério e o Ministério da Educação, por intermédio CAPES: “Desde a sua primeira edição, lançada em 2006, o programa já possibilitou a formação de 37 pós-doutores, 127 doutores e 223 mestres” afirmou o ministro. Em seu discurso, o presidente da CAPES, Abilio Baeta Neves, também se mostrou satisfeito com os rendimentos do Pró-Defesa IV, afirmando ser “uma satisfação poder dizer que chegamos à 4º edição com uma avaliação muito positiva dos resultados das edições anteriores, o que nos dá a certeza de que esse programa é um programa estratégico, tanto da perspectiva da CAPES, como também do Ministério da Defesa”.

05072018 pro defesa img 0149
Representantes do Ministério da Defesa e da CAPES no lançamento do Pró-Defesa IV (Foto: Haydée Vieira - CCS/CAPES)

Também compareceram à solenidade o diretor de Programas e Bolsas da CAPES, Geraldo Nunes e, pelo Ministério da Defesa, o secretário geral do substituto, Anselmo Araújo Costa, o secretário de Pessoal e Ensino, Ricardo Machado Vieira, o chefe de assuntos estratégicos, Claudio Portugal de Viveiros, o chefe de logística e Mobilização, General Laerte de Sousa, além de integrantes da comunidade acadêmica e convidados civis e militares.

(Jéssica Xavier – Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES'

Fim do conteúdo da página