Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Reunião na CAPES inicia a reflexão sobre o futuro da pós-graduação
Início do conteúdo da página
Grupo de Trabalho

Reunião na CAPES inicia a reflexão sobre o futuro da pós-graduação

Publicado: Sexta, 27 Abril 2018 18:43 | Última Atualização: Sexta, 27 Abril 2018 18:46

O Grupo de Trabalho responsável por realizar diagnóstico da pós-graduação brasileira com a finalidade de avaliar o estágio e uma reflexão sobre o seu futuro realizou 1ª reunião nesta sexta-feira, 27. O GT também irá realizar estudos sobre a pós-graduação brasileira no sentido de levantar subsídios para verificação de possibilidades de implementação de ações que normatizam direitos e deveres dos pós-graduandos.

Além da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), participaram do encontro representantes de diversas esferas do ensino superior: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Secretaria de Educação Superior (SESu-MEC); Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – (SBPC), Fórum de Pró-Reitores de Pós-Graduação e Pesquisa (Foprop), Academia Brasileira de Ciências (ABC) e Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG).

O diretor de Programas e Bolsas no País da CAPES, Geraldo Nunes Sobrinho, aponta que o crescimento do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG), cerca de 6,7% ao ano, não foi acompanhado pelo crescimento do financiamento. Além disso, o diretor reforçou a necessidade de combater as desigualdades regionais; reequilibrar o financiamento de bolsas, custeio e capital para a pós-graduação; e buscar equilíbrio, especialmente em tempos de cortes em outras agências, que geram uma sobrecarga para CAPES.

Reunião na CAPES inicia a reflexão sobre o futuro da pós-graduação
Além da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), participaram do encontro representantes de diversas esferas do ensino superior (Foto: Edson Morais - CCS-CAPES)

Nunes ainda afirma que é necessário “coordenar os investimentos no país com as políticas de internacionalização da pesquisa e da pós-graduação nas nossas universidades e fortalecer junto aos gestores do sistema educacional, bem como de órgãos de controle a compreensão da importância do Portal de Periódicos da CAPES.”

Fernanda Sobral, representante da SBPC, reconheceu a importância do Portal de Periódicos para a pós-graduação desde sua criação. “O Portal teve papel importantíssimo na própria internacionalização do sistema, quando garantiu acesso a diversos conteúdos estrangeiros.” Demais representantes também concordaram com essa visão e que é necessário conscientizar todas entidades vinculadas ao sistema sobre a relevância do Portal de Periódicos.

Fernanda Sobral - SBPC
Fernanda Sobral, representante da SBPC, reconheceu a importância do Portal de Periódicos para a pós-graduação (Foto: Edson Morais - CCS/CAPES)

Milca Severino Pereira, representante do Foprop ressaltou o olhar para a situação econômica dos bolsistas. “A CAPES é um órgão essencial para educação, ciência, tecnologia e inovação e a concessão de bolsa é condição sine qua non para o desenvolvimento do sistema”.

A presidente da ANPG, Tamara Naiz, reconheceu a CAPES e CNPQ como exemplos de órgãos a serem seguidos em relação à eficiência de seus gastos e investimentos. “O pesquisador precisa ser valorizado, de forma que o sucesso desta pessoa vai garantir o sucesso do investimento público”, definiu.

Entre outros tópicos da reunião, o encontro foi um primeiro momento para debate da relação entre avaliação e fomento; e os papéis das agências com as instituições de ensino superior.

(Edson Morais – Brasília/DF – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Fim do conteúdo da página