Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Bolsista da CAPES cria prêmio para promover o controle do tabaco no país
Início do conteúdo da página
EAT-Brazil

Bolsista da CAPES cria prêmio para promover o controle do tabaco no país

Publicado: Sexta, 27 Abril 2018 12:03 | Última Atualização: Quinta, 23 Agosto 2018 14:48

Para comemorar o dia mundial sem tabaco, em 31 de maio, a rede EAT-Brazil promove o 1º Prêmio EAT-Brazil. Com o objetivo de motivar o engajamento dos jovens no controle do tabagismo, a premiação oferece mil reais para o melhor texto sobre a temática “Caminhos para um melhor controle do tabagismo no Brasil”. As inscrições para a premiação vão até o dia 10 de maio de 2018.

27042018 bolsista destaque tabaco 01

A Organização não-governamental chegou ao país a partir da experiência do ex-bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Breno Bernardes. Breno foi estudante de medicina da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e ex-bolsista do programa Ciência sem Fronteiras (CsF), por meio do qual ficou um ano e meio nos Estados Unidos, sendo um ano na University of California, Los Angeles (UCLA), e seis meses na Harvard Medical School.

Para Breno, a premiação é de extrema relevância para a realidade brasileira. “No Brasil, cerca de 10% da população faz uso regular de tabaco, o que corresponde a aproximadamente 20 milhões de brasileiros. Aqui, o tabaco é responsável por cerca de 400 mortes por dia, em especial devido a infartos e câncer, o que representa um custo anual de 23,37 bilhões de reais para o sistema de saúde. Pesquisas demonstram que cerca de 70% dos adolescentes que experimentam cigarro tornam-se dependentes do tabaco”, disse o pesquisador.

27042018 bolsista destaque tabaco 02
Parte da equipe EAT-Brazil na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), 2018

Breno acredita que sua experiência como bolsista da CAPES influenciou diretamente a criação do prêmio. “O EAT-Brazil provavelmente não existiria hoje, caso eu não tivesse sido bolsista da CAPES. Isso me fez incorporar ainda mais a busca por uma educação de qualidade crescente, o desejo de impulsionar brasileiros adiante e a valorização da interdisciplinaridade: o EAT-Brazil e o Prêmio EAT-Brazil são fruto dessa filosofia, são frutos do programa Ciência sem Fronteiras”, contou o ex-bolsista.

O ex-bolsista ressalta ainda a importância de quebrar o ciclo de dependência na adolescência, já que os jovens são o maior grupo de risco. O prêmio é uma estratégia valiosa para o controle e prevenção do tabagismo nessa fase. “Estratégias como a do EAT-Brazil são adequadas cultural e tecnologicamente à realidade dos adolescentes, são estratégias de importância crucial e devem ser promovidas, avaliadas e otimizadas”, completou.

Prêmio
O EAT-Brazil beneficia milhares de brasileiros diariamente por meio de seus aplicativos gratuitos disponibilizados em português, que já totalizam mais de 500 mil downloads.

Para concorrer ao prêmio, basta ser estudante de graduação de qualquer curso e estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino superior brasileira. O ganhador será revelado no dia 31 de maio de 2018.

Saiba mais sobre o prêmio.

(Allan César - Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Leia também:
Ex-bolsista do CsF desenvolve projetos para luta contra o tabagismo

Fim do conteúdo da página