Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > CAPES realiza treinamento para coordenadores de cursos de excelência
Início do conteúdo da página
Proex

CAPES realiza treinamento para coordenadores de cursos de excelência

Publicado: Terça, 10 Abril 2018 17:16 | Última Atualização: Terça, 10 Abril 2018 17:16

Os coordenadores dos 125 programas de pós-graduação que atingiram notas 6 e 7 na última avaliação quadrienal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) participam nesta terça-feira, 10, na sede da agência, em Brasília, de treinamento sobre o Programa de Excelência Acadêmica (Proex), que apoia por meio de bolsas e recursos de custeio o padrão de qualidade internacional desses cursos.

10042018 evento proex 0166
Para Geraldo Nunes, treinamento alinha a atuação da CAPES e dos coordenadores e torna a gestão do programa mais eficiente (Foto: Haydée Vieira – CCS/CAPES)

Durante o encontro, os coordenadores participam de palestras sobre as normas que regem o programa, o funcionamento de seus sistemas de concessão de bolsas e a gestão dos recursos disponíveis aos programas de pós-graduação. Para o diretor de Programas e Bolsas no país da CAPES, Geraldo Nunes Sobrinho, o treinamento tem o objetivo de alinhar a atuação da CAPES e dos coordenadores, além de torná-la mais eficiente. “O Proex é um instrumento que deve facilitar a vida dos coordenadores no sentido de manter o desempenho adequado, por isso nossa função é dar toda atenção e suporte para que as condições que levaram os cursos a alcançarem esse patamar sejam mantidas”, explicou.

10042018 evento proex 0160
Coordenadores dos 125 programas de excelência participam do treinamento (Foto: Haydée Vieira – CCS/CAPES)

Para a coordenadora do programa de pós-graduação em Linguística da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Aléria Lage, o encontro facilitará o trato com as questões burocráticas do programa. “Esse contato direto com a equipe do Proex é muito importante para nós que estamos ingressando agora no programa, ainda mais porque poderemos questionar diretamente os técnicos sobre questões como bolsas, prestação de contas e usos dos recursos”, disse.

Evolução histórica
O Proex é responsável atualmente por 25% dos recursos de investimento da Diretoria de Programas e Bolsas no País, tendo passado de 127 programas de pós-graduação, em 2004, para 498, em 2018. Segundo o coordenador-geral de Desenvolvimento Setorial e Institucional, Adalberto Grassi Carvalho, essa evolução revela crescimento, confirma a tese de qualificação do sistema e exige posicionamento por parte da CAPES. “Esses números significam um desafio porque são programas que ingressarão em um apoio diferenciado de recursos, o que indica a necessidade de buscarmos mais recursos, além de nos organizarmos internamente para a gestão dessa nova demanda”, afirmou.

Proex
Os Programas inseridos no Proex recebem uma dotação orçamentária que pode ser utilizada de acordo com prioridades estabelecidas pelos próprios programas, em qualquer das modalidades de apoio concedidas pela CAPES: concessão de bolsas de estudo, recursos de custeio, fomento para investimento em laboratórios, custeio de elaboração de dissertações e teses, passagens, eventos, publicações, entre outros. As bolsas de estudo concedidas no âmbito do Proex são gerenciadas pelas coordenações dos cursos de pós-graduação, que são responsáveis pela seleção e acompanhamento dos bolsistas, conforme as orientações da CAPES.

(Gisele Novais - Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura “CCS/CAPES”

Fim do conteúdo da página