Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Brasil recebe 120 professores americanos como assistentes de língua inglesa
Início do conteúdo da página
Seminário de Orientação

Brasil recebe 120 professores americanos como assistentes de língua inglesa

Publicado: Terça, 27 Fevereiro 2018 13:37 | Última Atualização: Terça, 27 Fevereiro 2018 13:41

Professores de todas as regiões dos Estados Unidos chegam nesta semana ao Brasil para atuarem como bolsistas do Programa CAPES/Fulbright de Assistente de Ensino de Língua Inglesa (English Teaching Assistant – ETA). Ao total, 120 docentes norte-americanos irão atuar por nove meses em cursos de Letras de 40 instituições de ensino superior brasileiras. Nesta terça-feira, 27, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e a Comissão Fulbright organizaram em São Paulo um seminário de orientação para receber os professores estrangeiros.

27022018 materia sp 01
(Foto: Pedro Arcanjo - CCS/CAPES)

O programa Professores Assistentes de Língua Inglesa oferece bolsas a estudantes norte-americanos, recém-formados ou com alguns anos de experiência, para atuarem como assistentes de ensino de inglês em universidades federais brasileiras. A bolsa tem duração de nove meses. Os aprovados recebem auxílio mensal no valor de U$1,600, seguro saúde, passagem aérea, auxílio-instalação e auxílio-pesquisa. A Comissão Fulbright no Brasil é responsável pela colocação do bolsista na instituição de ensino e cidade onde irá atuar.

Os assistentes de ensino de língua inglesa são cidadãos estadunidenses e falantes nativos. A atuação objetiva contribuir para a elevação da qualidade dos cursos de bacharelado e/ou licenciatura em Letras, Língua Inglesa, na perspectiva de valorizar a formação e a relevância social dos profissionais do magistério da educação básica.

Jeffrey Stewart, da Pensilvânia, está pela primeira vez no Brasil e vai atuar na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na Paraíba. “Temos uma oportunidade única para imersão na cultura brasileira. Pretendo promover intensamente essa troca, entre estudantes, professores e nós estrangeiros”, afirmou. Para o assistente, não há melhor maneira de promover entendimento do que no contato pessoal. “Vemos, tanto nos EUA quanto no Brasil, jovens estudantes capazes e determinados a mover suas vidas e o país, mas que muitas vezes não têm essa oportunidade. O que essas organizações como CAPES e Fulbright estão fazendo é oferecer essa oportunidade”, definiu.

27022018 materia sp 03

Delicia Alarcón, de New Jersey, irá atuar na Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais. Antes de vir ao Brasil, Delicia trabalhava como consultora acadêmica e professora de espanhol na Carolina do Sul. “Estou animada para trabalhar nessa comunidade e no departamento de Letras da universidade. Estamos criando um diálogo intercultural, nossos países têm muitas semelhanças e precisamos fazer disso uma ponte para o nosso entendimento mútuo”, ressaltou.

27022018 materia sp 04

O Seminário em São Paulo teve como objetivo prover informações sobre vida, pesquisa e ensino no Brasil, bem como criar a oportunidade de conexão com outros bolsistas no país. A orientação de chegada é a primeira atividade que os selecionados cumprem como bolsistas, imediatamente antes de partirem para as cidades para as quais foram designados. Os assistentes norte-americanos ficam no Brasil até novembro.

Saiba mais sobre o Programa CAPES/Fulbright de Assistente de Ensino de Língua Inglesa.

(Pedro Arcanjo – São Paulo/SP - CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Fim do conteúdo da página