Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Bomba atômica iniciou nova era geológica, diz coordenador de projeto da CAPES
Início do conteúdo da página
Geociências

Bomba atômica iniciou nova era geológica, diz coordenador de projeto da CAPES

Publicado: Quarta, 20 Dezembro 2017 18:23 | Última Atualização: Quarta, 20 Dezembro 2017 18:23

Explosões nucleares inauguram um estágio geológico da Terra, o Antropoceno, sugere o geólogo Gerson Fauth. Professor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Fauth apresentou as diversas fases da Terra em uma palestra no TEDx, publicada em 6 de dezembro.

Se a idade do planeta fosse resumida em um dia, explica o pesquisador, apenas formas de vida unicelular existiam até o relógio marcar 21h. Isso foi há 600 milhões de anos. Os mais antigos fósseis de seres vivos já encontrados datam de 540 milhões de anos atrás, tendo surgido às 21h10. O ser humano surgiu há apenas 300 mil anos. Na comparação, apareceu nos últimos 6 segundos da história da Terra.

Apesar de ser um novato, o ser humano já deixou sua marca. O resultado da ação humana é tão intenso que alguns pesquisadores sugerem que o ser humano iniciou uma nova era geológica, chamada de Antropoceno (antropo = humano). Essa fase teria se iniciado com as explosões atômicas realizadas a partir da Segunda Guerra Mundial.

Tantas detonações deixaram marcas radioativas nas rochas, possibilitando identificar o período em que foram realizados os testes – da mesma forma como os fósseis informam sobre o período em que essas formas de vida habitavam o planeta.

Pesquisa oceânica
O professor Fauth tem experiência em análise de rochas antigas. Ele coordena o projeto Do Greenhouse ao Icehouse, apoiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Desde 2015, a equipe de cientistas estuda amostras extraídas do fundo do mar pelo Programa Internacional de Descobertas Oceânicas (IODP).

Assista à palestra do prof. Gerson Fauth no TEDx.

Sobre o IODP
O International Ocean Discovery Program (IODP) é um programa internacional de pesquisas marinhas que investiga a história e a estrutura da Terra a partir do estudo de sedimentos e rochas retiradas do fundo do mar pelo navio JOIDES Resolution.

Desde 2013, o Brasil, por meio de financiamento da CAPES, envia pesquisadores para o JOIDES Resolution e colabora com o IODP na análise do material extraído.

Conheça a página do Programa CAPES/IODP.

(Brasília – CCS CAPES)

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Fim do conteúdo da página