Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Novo programa de formação docente recebe cadastros até 12 de janeiro
Início do conteúdo da página
Plataforma Freire

Novo programa de formação docente recebe cadastros até 12 de janeiro

Publicado: Quarta, 29 Novembro 2017 15:46 | Última Atualização: Quarta, 29 Novembro 2017 15:46

O prazo para professores da educação básica cadastrarem currículos na nova Plataforma Freire e solicitarem vagas em cursos do Programa de Formação Inicial e Continuada para Professores da Educação Básica (Profic) foi estendido para 12 de janeiro de 2018. Até agora, já foram cadastrados 82 mil currículos de docentes de todo Brasil. O prazo para análise pelas Secretarias de Educação, que estava previsto para novembro, agora será de 2 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018.

Gerenciada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a nova Plataforma Freire é uma importante ferramenta na nova política de formação de professores do MEC. O site vai agregar currículos de professores da educação básica. Além de funcionar como banco de currículos – semelhante ao Currículo Lattes, a Plataforma Freire será um sistema de gestão de cursos de capacitação para os professores.

Por meio da Plataforma, será possível se inscrever para os cursos de capacitação do Profic. A CAPES vai gerenciar o Profic por meio da Plataforma, otimizando as ações do programa.

O funcionamento da Plataforma Freire é semelhante ao do currículo Lattes: o professor precisa se cadastrar – gratuitamente – e preencher um formulário com dados sobre sua formação e sua atuação profissional.

Até 12 de janeiro, os professores cadastrados poderão solicitar vaga em cursos por meio da Plataforma Freire. Após esse prazo, ainda será possível cadastrar currículos, pois o sistema de cadastro está sempre aberto. Contudo, para se candidatar a vagas em cursos, será necessário aguardar a abertura do próximo período de solicitação.

Novo sistema
“Plataforma Freire” foi também o nome de um site do Ministério da Educação usado no passado para gerenciar o programa Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). Esse novo site apenas herda o nome do anterior, mas se trata de um outro sistema. Portanto, todos os professores precisam se cadastrar na Plataforma Freire.

Leia também:
Formação de professores em atividade terá novo modelo

(Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Fim do conteúdo da página