Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Impacto da Pesquisa e da Pós-graduação na Sociedade é tema de encontro
Início do conteúdo da página
ENPROP

Impacto da Pesquisa e da Pós-graduação na Sociedade é tema de encontro

Publicado: Quinta, 23 Novembro 2017 10:59 | Última Atualização: Terça, 28 Novembro 2017 09:26

A conferência de abertura do 33˚Encontro Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (ENPROP), que aconteceu nesta quarta-feira, 22 de novembro, teve como tema “O impacto da Pesquisa e da Pós-graduação na Sociedade”. Após a apresentação de José Fernandes Lima, da Universidade Federal de Sergipe, os debatedores afirmaram que a principal dificuldade é a de construir uma ponte entre a pesquisa e a sociedade. “Talvez a pesquisa seja uma agenda para os pesquisadores e não para a sociedade. Os pesquisadores defendem algo central pensando nos interesses da sociedade, mas, a partir do momento que a sociedade não entende o propósito, ela não apoia. Para que haja essa aproximação, é preciso que seja discutido um grande número de fatores relacionados também à cultura brasileira”, explicou o presidente da CAPES, Abilio Baeta Neves.

23112017 emprop
Representantes da CAPES, CNPq e FINEP participaram da conferência da abertura (Foto: Natália Morato - CCS/CAPES)

Compuseram ainda a mesa de debates o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Mario Neto Borges, e o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Wanderley de Souza.

Internacionalização
Ainda durante a abertura, a pró-reitora de Pós-graduação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Maria Luiza Feitosa, afirmou que a pós-graduação está vivendo um momento decisivo. “A CAPES tem nos lançado um desafio grandioso no âmbito na internacionalização e temos que analisar o que podemos fazer em termos de diálogos e parcerias”, resumiu. A pró-reitora também abordou a necessidade de aperfeiçoamento do Sistema Nacional de Pós-graduação (SNPG) nos próximos anos.

23112017 emprop2
Durante a abertura do ENPROP, os presentes abordaram os desafios para o SNPG (Foto: Natália Morato - CCS/CAPES)

Também com a mesma percepção, o presidente do Fórum de Pró-Reitores de Pós-Graduação e Pesquisa (FOPROP), Joviles Trevisol, falou da importância da reunião. “Fizemos todo o esforço para ter nesse encontro o máximo de pró-reitores – estamos com 260 inscritos. Temos clareza que este é o momento de estamos juntos, pois a dispersão física também estimula a dispersão intelectual e temos muitas pautas a serem discutidas. As universidades, os pesquisadores e as agências estão desafiados. Não daremos aqui um encaminhamento definitivo para todas as questões, mas podemos evoluir bastante. A intenção é que consigamos construir alternativas e caminhos que desenvolvam o país com mais compromisso social, com mais compromisso com a ciência e com a tecnologia e que tornem nossa participação mais ativa e dinâmica em 2018.”

A vice-reitora da UFPB, Bernardina Juvenal de Oliveira, abordou a necessidade de encontros como esse para troca de experiências e para possibilitar um diálogo direto com as agências de fomento e, assim, manter viva a pesquisa no país. “Sem pesquisa, sem ciência, não há ensino”, disse.

Oficinas
Neste ano, o Enprop incluiu na programação oficinas temáticas com representantes da Diretoria de Programas e Bolsas no País da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que apresentaram o panorama e atualizações nos programas. “Estamos com uma participação maciça da CAPES. Apesar de tudo, a pós-graduação e a pesquisa ainda pulsam, pois somos resistentes e contamos com a colaboração de órgãos de fomento. O Portal de Periódicos já deixou sua marca e, agora, o processo de internacionalização também ficará marcado”, afirmou Isac de Medeiros, pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da UFPB e presidente da comissão organizadora do ENPROP.

23112017 emprop3
Oficinas temáticas com participação de representantes da DPB foi novidade no encontro (Foto: Natália Morato - CCS/CAPES)

A CAPES ainda terá salas de atendimento aos pró-reitores durante a programação do encontro.

ENPROP
O Encontro Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (ENPROP) ocorre anualmente em uma das regiões do país e conta com a participação de gestores das instituições de ensino superior de todo o país e dos diversos segmentos (públicos federais, estaduais e municipais, confessionais/comunitários, e particulares) que se dedicam regularmente à pesquisa, à inovação e à pós-graduação, além de gestores ministeriais, dirigentes das agências de fomento, pesquisadores renomados e convidados.

As atividades programadas têm como objetivo o debate amplo sobre temáticas relevantes no sentido de elaborar contribuições para o aprimoramento e superação de problemas, além de propiciar o compartilhamento de experiências bem-sucedidas. Neste ano, o ENPROP acontece na UFPB e o evento segue até o dia 24 de novembro.

Acesse aqui a programação completa.

(Natália Morato – João Pessoa/PB - CCS/CAPES)

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Fim do conteúdo da página