Prêmio Capes de Tese Notícias pct Notícias Melhores teses defendidas em 2012 são premiadas em Brasília

Melhores teses defendidas em 2012 são premiadas em Brasília

Escrito por Coordenação de Comunicação Social | Publicado: Quarta, 11 Dezembro 2013 13:32 , Última Atualização: Quarta, 21 Mai 2014 20:33

Aconteceu, nesta terça-feira, 10, a solenidade de entrega do Prêmio e do Grande Prêmio Capes de Tese 2013. O evento aconteceu na sede da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, citou, durante a solenidade, o imenso desafio que é a educação brasileira, especialmente a educação superior. "Temos um atraso histórico muito grande. A expansão do ensino superior com qualidade é indispensável para dar oportunidade a todos que querem estudar e crescer. Vocês [premiados] são a elite da produção científica e têm o papel de devolver isso ao nosso país. Vocês, seguramente, vão entusiasmar nossa rede. Precisamos evoluir na educação para permitir uma inclusão social sustentável."

IMG 8980-pct2013-11122013
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, destacou o papel que os vencedores tem em devolver o conhecimento ao país (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

O presidente da Comissão Executiva do Prêmio Capes de Tese e diretor de Avaliação da Capes, Livio Amaral, anunciou a satisfação de trabalhar em mais uma edição do Prêmio. "Celebramos tantas coisas e a produção do conhecimento, o alcance de novos patamares na ciência, tecnologia e inovação quase não é festejado."

IMG 7979-pct2013-11122013
Livio Amaral, presidente da Comissão Executiva do Prêmio Capes de Tese e diretor de Avaliação da Capes, anunciou a satisfação de trabalhar em mais uma edição do Prêmio (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

José Fernandes de Lima, presidente do Conselho Nacional de Educação, repartiu da mesma opinião. "Estamos comemorando a ampliação do conhecimento no país. Sempre que venho à Capes, sinto uma satisfação imensa, pois aqui, claramente, vemos como o conhecimento avança no país. Não só cresce a quantidade de candidatos/programas, mas a qualidade dos trabalhos tem sempre evoluído."

O ministro interino da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luiz Antonio Rodrigues Elias, citou um dos mantras que deve ser seguido pela sociedade brasileira de que a sociedade do futuro é a sociedade do conhecimento. "Parabenizo o Prêmio Capes de Tese, que representa tudo de excelência que estamos produzindo no Brasil. Ele mostra que o Brasil está no rumo certo. Podemos nos orgulhar de nossos pesquisadores e de nossas produções."

IMG 8687-pct2013-11122013
Nesta edição, das 645 teses de doutorado defendidas em 2012 que foram inscritas por programas de pós-graduação de 80 instituições, 48 foram selecionadas, sendo elas de 21 instituições (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Premiação
Nesta edição, das 645 teses de doutorado defendidas em 2012 que foram inscritas por programas de pós-graduação de 80 instituições, 48 foram selecionadas, sendo elas de 21 instituições. Destas, 58% foram desenvolvidas por homens e 42% por mulheres. A área de "Materiais" não teve premiado.

IMG 8716-pct2013-11122013
Concorreram ao Grande Prêmio Capes de Tese os autores vencedores que apresentaram à Capes uma vídeo-aula destinada a estudantes de ensino médio (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Foram concedidas, ainda, menções honrosas do Prêmio Capes de Tese a 88 teses de doutorado defendidas em 2012, de 30 instituições – 48% desenvolvidas por homens e 52% por mulheres.

Prêmios Especiais
O presidente da Capes, Jorge Almeida Guimarães, deu uma saudação especial aos parceiros do Prêmio, Fundação Conrado Wessel (FCW), Fundação Carlos Chagas (FCC), Instituto Paulo Gontijo (IPG) e Interfarma, pela primeira vez na premiação. "Cada um de vocês ajuda a reconhecer mais um pouco o trabalho daqueles que realmente fazem a pós-graduação acontecer."

IMG 8083-pct2013-11122013
O presidente da Capes, Jorge Guimarães, saudou os parceiros do Prêmio no reconhecimento das ações da pós-graduação (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Desde a edição de 2012, a premiação em parceria com a FCC foi adicionada. Foi entregue um prêmio adicional de R$ 15 mil para a tese vencedora na área de Educação e R$ 5 mil para as teses ganhadoras de menções honrosas nas áreas de Educação e de Ensino. Claudia Davis, pesquisadora sênior da FCC, representante da Fundação, falou sobre a felicidade da entidade em comemorar teses que serão fonte de inspiração para outras teses, que permitirão melhorias na qualidade de ensino. "Assim a gente constrói um Brasil melhor, mais agradável de se viver."

IMG 8667-pct2013-11122013
A premiação em parceria com a Fundação Carlos Chagas concedeu um prêmio adicional de R$ 15 mil para a tese vencedora na área de Educação (Foto: Edson Morais - CCS-Capes)

O vencedor do Prêmio Capes de Tese na área de Química recebeu do IPG um prêmio adicional de R$ 15 mil. Durante seu discurso, a vice-presidente do Instituto, Marcela Gontijo, citou uma fala de seu pai, Paulo Gontijo, idealizador do Prêmio IPG: "A ciência é uma construção que não termina nunca." Em seguida agradeceu àqueles que fazem do conhecimento uma constante renovação e da ciência uma construção interminável. "Felizes são aqueles que podem colocar um tijolo neste edifício."

IMG 8756-pct2013-11122013
O vencedor do Prêmio Capes de Tese na área de Química recebeu do Instituto Paulo Gontijo um prêmio adicional de R$ 15 mil (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Nova premiação
Inédito, outro prêmio especial foi entregue durante a solenidade. Fruto de acordo entre a Capes e a Interfarma - Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa, o prêmio reconhece teses de doutorado relacionadas à Inovação e Pesquisa na Área de Saúde Humana ou Ética/Bioética no Brasil, selecionadas dentre as teses vencedoras do Prêmio Capes de Tese nas áreas de Medicina, Odontologia, Farmácia, Enfermagem ou de ciências Biomédicas (que incluí Genética; Fisiologia, Bioquímica, Farmacologia; Imunologia, Microbiologia, Parasitologia e Biologia Celular). Os critérios de premiação considerados foram inovação e pesquisa na área de saúde humana ou ética/bioética no Brasil, originalidade e relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social.

O Prêmio Capes-Interfarma de Inovação e Pesquisa foi constituído de dois prêmios no valor bruto de R$ 26.495,75 cada, troféu e certificado para os autores e certificado de premiação outorgado ao orientador, co-orientador e ao programa em que foi defendida a tese. A diretora Maria José Delgado Fagundes, representando a presidência da Interfarma, ressaltou o apoio da associação à pesquisas científicas que causem impacto na vida das pessoas. "Precisamos dos inovadores, que, nesta ocasião, são os senhores [premiados]."

IMG 8804-pct2013-11122013
O Prêmio Capes-Interfarma foi entregue pela primeira para tese de doutorado relacionadas à Inovação e Pesquisa na Área de Saúde Humana ou Ética/Bioética no Brasil (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Grandes Prêmios
Outorgado às três melhores teses ganhadoras do Prêmio Capes selecionadas nos três grupos de grandes áreas (Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias I e Multidisciplinar – Ciências Ambientais; Engenharias, Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar – Materiais e Biotecnologia; e Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes, Ciências Sociais Aplicadas e Multidisciplinar – Ensino e Interdisciplinar), cada Grande Prêmio recebe o nome de um cientista ilustre, cuja pesquisa tenha se enquadrado no conjunto em que a premiação é concedida. Para a edição de 2013, foram homenageados, respectivamente, Zeferino Vaz, Álvaro Alberto da Mota e Silva e Darcy Ribeiro.

Concorreram ao Grande Prêmio Capes de Tese os autores vencedores do Prêmio Capes de Tese que apresentaram à Capes uma vídeo-aula com duração de 20 a 30 minutos, em CD ou DVD, destinada a estudantes de ensino médio, abordando, de forma apropriada a tal nível educacional, o tema da tese de doutorado.Concorreram ao grande prêmio, portanto, 38 teses premiadas, cujos autores apresentaram o vídeo.

Além do certificado, bolsa para realização de estágio pós-doutoral em instituição nacional de até cinco anos, podendo converter um ano em estágio pós-doutoral fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado, os contemplados receberam U$ 15 mil da Fundação Conrado Wessel. Os orientadores recebem certificado e auxílio equivalente a uma participação em congresso internacional, no valor de R$ 6 mil.

O diretor-presidente da FCW, Américo Fialdini Júnior, parabenizou os premiados e as demais apoiadoras do prêmio. "É bom ter companheiros para iniciativas como essa". Para os premiados, afirmou que estão escrevendo a história do Brasil e agradeceu a oportunidade de participar da premiação.

Premiados
O premiado do Grande Prêmio Capes de Tese Álvaro Alberto da Mota e Silva, Jonas Maziero, com a tese "Quantificação, Dinâmica, Testemunho e Aplicações da Discórdia Quântica" agradeceu o reconhecimento aos seus esforços. "Não dá para descrever, mas acho que é uma recompensa por um trabalho que foi difícil, foi duro, mas, no fim, valeu a pena. O premiado defendeu a tese pelo programa de pós-graduação em Física da Universidade Federal do ABC.

Priscila Pini Zenatti, do Programa de Pós-graduação em Genética e Biologia Molecular da Universidade Estadual de Campinas, com a tese "Estudo do IL-7R na Leucemia Linfoide Aguda Pediátrica de Linhagem T", premiada no grupo de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias I e Multidisciplinar – Ciências Ambientais, afirmou que sempre quis desenvolver trabalhos na área da saúde, mas que começou seu trabalho sem muita expectativa com relação ao tema. "No desenvolver das pesquisas, o estudo tomou dimensões muito maiores que as que eu esperava. Foi uma alegria muito grande e a motivação foi aumentando no decorrer do projeto. Ter o trabalho reconhecido com este prêmio é uma satisfação enorme."

IMG 9335-pct2013-11122013
Outorgado às três melhores teses ganhadoras do Prêmio Capes, o Grande Prêmio foi concedido a trabalhos na área de física, biologia molecular e história social (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

O vencedor do Grande Prêmio Darcy Ribeiro, Aldair Carlos Rodrigues, autor da tese "Poder Eclesiástico e Inquisição no Século XVIII Luso-Brasileiro: agentes, carreiras e mecanismos de promoção social", do programa de pós-graduação em História Social da Universidade de São Paulo, demonstrou-se surpreso com a premiação. "Não esperava, primeiro, pelo Prêmio Capes de Tese, com a melhor tese na área de História, e, com o Grande Prêmio, eu quase caí da cadeira. Fiquei muito surpreso, não esperava isso. Talvez minha orientadora, Laura de Mello e Souza, esperasse, pois sempre acreditou e apostou em mim, além de me dar todo apoio para a realização do trabalho, mas eu não." Aldair espera, para o futuro, continuar suas pesquisas e pleitear uma vaga como professor em universidades públicas. "É isso que eu gosto: fazer pesquisas e dar aulas."

Prêmio Capes de Tese
O Prêmio Capes de Tese foi instituído no ano de 2005, com objetivo de outorgar distinção às melhores teses de doutorado defendidas e aprovadas nos cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação. São considerados na seleção os quesitos originalidade, inovação e qualidade. Os autores das teses recebem certificado, medalha e bolsa de pós-doutorado no país por um ano. Já os orientadores recebem certificado e auxílio equivalente a uma participação em congresso no país.

Na edição de 2012, foram selecionadas 44 teses. As áreas "Administração, Ciências Contábeis e Turismo", "Ensino" e "Zootecnia/Recursos Pesqueiros" não tiveram premiados. Destas, 52% foram desenvolvidas por homens e 48% por mulheres.
Foram concedidas, ainda, menções honrosas do Prêmio Capes de Tese a 78 teses de doutorado defendidas em 2011, sendo 41% desenvolvidas por homens e 59% por mulheres. As áreas de "Ciência da Computação" e de "Psicologia" não receberam esta premiação.

Para ter acesso a mais fotos da solenidade, acesse este link. Caso sejam publicadas, os créditos devem ser atribuídos a Edson Morais – ACS/Capes.

(Natália Morato)

Compartilhe o que você leu