Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Bolsas/Estudantes > Programas especiais > Prevenção e Combate ao vírus Zika
Início do conteúdo da página

Prevenção e Combate ao vírus Zika

Publicado: Quinta, 30 Junho 2016 10:53 | Última Atualização: Sexta, 12 Agosto 2016 10:16

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), no âmbito do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes Aegypti e à Microcefalia: Eixo de Desenvolvimento Tecnológico, Educação e Pesquisa, investirá recursos em estudos e pesquisas científicas para o diagnóstico do vírus Zika, o controle do mosquito Aedes aegypti, o desenvolvimento da vacina contra o vírus Zika e entendimento sobre o comportamento da doença e suas correlações.

A Chamada Pública para Prevenção e Combate ao Vírus Zika é fruto de ação conjunta entre o Ministério da Educação, por meio da Capes, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, por meio do CNPq, e Ministério da Saúde, por meio do Decit.

Para esta chamada está previsto o investimento de R$ 65 milhões para as pesquisas, sendo R$ 30 milhões da Capes, R$ 15 milhões do CNPq e R$ 20 milhões do Ministério da Saúde com vistas a apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica que visem contribuir significativamente, com foco especial na prevenção, diagnóstico e tratamento da infecção do vírus Zika e doenças correlacionadas, e no combate ao mosquito Aedes Aegypti, contribuindo assim de modo efetivo para o avanço do conhecimento, formação de recursos humanos, geração de produtos, formulação, implementação e avaliação de ações públicas voltadas para a melhoria das condições de saúde da população brasileira.

As linhas temáticas abrangidas pela chamada são:

  • Desenvolvimento de novas tecnologias diagnósticas
  • Desenvolvimento e avaliação de repelentes;
  • Desenvolvimento e avaliação de estratégias para controle de vetores em seus vários estágios de desenvolvimento;
  • Desenvolvimento de imunobiológicos;
  • Desenvolvimento de tecnologias sociais e inovação em educação ambiental e sanitária;
  • Inovação em gestão de serviços de saúde, de saneamento e de políticas públicas;
  • Imunologia e virologia;
  • Epidemiologia e vigilância em saúde.

Serão financiados:

  • bolsa, com prazo de implementação e duração vinculados ao de vigência do projeto, nas modalidades constantes do edital;
  • passagens aéreas, adquiridas na classe econômica e tarifa promocional, para missões de estudos e de pesquisa, no Brasil ou no exterior, e de docência no país para pesquisadores qualificados;
  • diárias para missões de pesquisa e docência, conforme legislação vigente;
  • despesas de custeio relacionadas às atividades do projeto;
  • despesas de capital relacionadas ao projeto.

Data limite para apresentação

23h59min (horário de Brasília) do dia 10/08/2016

Link: http://carloschagas.cnpq.br/ 

Fim do conteúdo da página