PNPD INSTITUCIONAL

Publicado: Sexta, 23 Junho 2017 15:06 , Última Atualização: Terça, 13 Novembro 2018 16:53

O Programa Nacional de Pós-doutorado da CAPES – PNPD/2011: Concessão Institucional consiste em uma Chamada Nacional às Instituições Federais de Ensino Superior - IFES, para a apresentação à CAPES de propostas de projetos de pesquisa, formação e inovação, organizada na forma de um Projeto Institucional, tendo por objetivos:
1. A ampliação do número de bolsistas de pós-doutorado nas IFES para reforçar, com qualidade, as atividades de ensino e orientação nos níveis de graduação e pós-graduação;
2. Potencializar a pesquisa científica dos grupos de pesquisa nas IFES por meio da renovação destes grupos com jovens doutores altamente qualificados;
3. Oportunizar, a jovens doutores, experiência acadêmica em Pesquisa, Desenvolvimento, Orientação Acadêmica e Inovação, com vistas a uma futura absorção permanente, via concursos públicos para docentes, nas IFES e em seus Campi participantes do Programa Reuni;
4. Dar seqüência às orientações contidas na última avaliação trienal da CAPES no sentido de fortalecer áreas estratégicas dos Programas de Pós-graduação da Instituição;
5. Criar cenários de inovação na pesquisa, ensino e extensão, com foco na sua aplicabilidade, no âmbito de uma política de desenvolvimento local.

No Projeto Institucional do Programa Nacional de Pós-doutorado 2011 a IFES participante estabelece os princípios e metas relacionados à seleção e à atuação de pós-doutores no âmbito de seus Programas de Pós-graduação e de grupos de pesquisa considerando um período de abrangência de três anos, inicialmente.

O Projeto Institucional é caracterizado pelo agrupamento de vários subprojetos confeccionados por docentes permanentes de Programas de Pós-graduação ou por líderes de grupos emergentes e/ou por Professores Visitantes Nacionais Seniores.

Itens Financiáveis:

O Financiamento de itens de custeio, no valor de R$ 12.000,00 (doze mil reais) anuais por bolsista.
o Concessão de até 2 bolsas de pós-doutorado por subprojeto, conforme indicado e aprovado no Projeto Institucional, no valor unitário de R$ 3.300,00 (três mil e trezentos reais) por mês, pagas diretamente aos bolsistas.

Migração cotas PNPD/CAPES

A CAPES adotou um novo sistema para gerir as bolsas do PNPD/CAPES, o Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios – SCBA, disponível em https://scba.capes.gov.br. Uma plataforma mais moderna e flexível, podendo ser acessado por qualquer navegador da internet.

As cotas e seus respectivos bolsistas estão sendo migrados em duas etapas, em novembro/2018 foram incluídos 14 instituições de ensino superior e em fevereiro/2019 serão contempladas as demais. As 14 instituições, incluindo os campi, são: UnB; Unicamp; UFF; UFRN; UFC; UFPE; UFPR; UNIFESP; UFSCar; UFBA; UFV; UFPel; UFLA e UFG. Representam 688 Programas de Pós-Graduação com o novo sistema em funcionamento. Esses programas continuam com o acesso ao antigo sistema, o Sistema de Acompanhamento de Concessões – SAC.

As regras do PNPD/CAPES continuam as mesmas, a Portaria 086/2013 continua válida. Assim, o Coordenador do programa de pós-graduação continua a cadastrar os selecionados e o Pró-reitor continua a chancelar, desta vez chamado no sistema de aprovar beneficiário.

Os bolsistas que finalizaram até outubro de 2018 não foram migrados para o novo sistema.

Mais informações sobre o sistema: Treinamento:

Compartilhe o que você leu