Notícias Brasileiros farão pesquisas no Japão com apoio da CAPES
JSPS

Brasileiros farão pesquisas no Japão com apoio da CAPES

Publicado: Quinta, 24 Janeiro 2019 14:27 , Última Atualização: Quinta, 24 Janeiro 2019 14:27

Dois pesquisadores brasileiros vão receber apoio da CAPES para realizar pesquisas em cooperação com instituições japonesas. O anúncio foi feito nessa quarta-feira, 23, com a publicação do resultado do programa CAPES/JSPS. Confira o resultado.

Iniciativa de cooperação entre CAPES e a Sociedade Japonesa para Promoção da Ciência, o programa financia recursos para manutenção do projeto e custeia missões de trabalho. Cada projeto tem ainda uma bolsa para estudante. Em abril se iniciam as atividades, e os projetos têm duração de dois anos.

Um dos projetos é da área de relações internacionais, e trata da cooperação entre os dois países. O outro, da área de matemática, aborda a Teoria da Singularidade na indústria.

Experiência
Segundo o prof. Farid Tari (USP), o objetivo do projeto Teoria da Singularidade na Indústria é fortalecer a interação entre as duas equipes em busca de soluções para problemas na Teoria de Singularidades e na Matemática para a Indústria, em particular, em metalurgia e siderurgia.

Um dos principais resultados esperados é o desenvolvimento de pessoal altamente competente. “Vamos promover a pesquisa interdisciplinar da matemática; em particular, buscar soluções de problemas da atualidade em matemática e nas aplicações em tecnologias industriais”, explica o pesquisador. A colaboração com os pesquisadores do Japão começou em 2005 e prosseguiu: de 2014 2016, o professor coordenou outro projeto no mesmo programa.

A parceria com o Japão se deve à força daquele país no estudo da teoria de singularidades, esclarece Tari. “O professor O. Saeki, membro da equipe, é o vice-diretor do Instituto de Matemática para a Indústria da Universidade de Kyushu. Em particular, o instituto tem larga experiência em projetos de metalurgia e siderurgia, áreas essas em que nosso centro gostaria de se qualificar”.


(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu