Notícias Seminário debate Recursos Educacionais Abertos em Santa Catarina
UAB

Seminário debate Recursos Educacionais Abertos em Santa Catarina

Publicado: Terça, 25 Abril 2017 14:20 , Última Atualização: Terça, 25 Abril 2017 14:20

O Laboratório de Mídias Integradas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promoveu no último dia 30 de março, o Seminário Recursos Educacionais Abertos - Universidade Aberta do Brasil (REA-UAB/UFSC) para apresentar a temática para os professores autores de materiais didáticos.

Como disponibilizar em acesso aberto os materiais didáticos de qualidade produzidos para os cursos de graduação e especialização da UAB-UFSC? Essa foi a questão norteadora do encontro, cujo objetivo é disponibilizar no repositório institucional da UFSC, por meio de licenciamento aberto, a vasta coleção de materiais didáticos produzidos desde o início dos cursos do sistema UAB na universidade.

25042017 materia seminario recursos educacionais

O professor Airton Zancanaro, do Instituto Federal Catarinense, cuja tese de doutorado explorou a produção de Recursos Educacionais Abertos (REA), explicou em que consistem tais materiais, apontando como transformamos um material didático de uso restrito em um recurso educacional aberto, passível de reuso em variados contextos. Nesse contexto, destacou que o licenciamento de materiais pelos seus respectivos autores é um aspecto determinante para a sua posterior utilização, razão pela qual as licenças Creative-Commons (CC) têm papel fundamental. Saiba mais.

O professor Enrique Muriel-Torrado, do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFSC, explorou as possibilidades de licenciamento existentes por meio das Creative Commons. Abordou direitos autorais, acesso aberto, apresentou as distinções que envolvem acesso livre e o acesso aberto, apontando a importância do movimento copyleft e das licenças CC, requeridas no presente e futuro imediato.

O pesquisador destacou que no âmbito educativo na internet, as licenças CC facilitam o compartilhamento por meios digitais ou analógicos dos recursos educacionais, sem problemas legais para aqueles que os utilizarem. Ao mesmo tempo, as licenças facilitam aos criadores de REA escolher que direitos querem reservar e quais desejam compartilhar com os outros. Assim, recomendou, na medida do possível, escolher as licenças mais abertas, ou menos restritivas quanto ao seu uso e reutilização.

EduCapes
Os futuros materiais didáticos da UAB na UFSC já serão elaborados por bolsistas comprometidos com o licenciamento aberto e serão publicados no novo portal de conteúdos educacionais abertos, o EduCapes. O site compila o material didático dos cursos do sistema UAB e pode ser acessado gratuitamente por cidadãos de todas as regiões do Brasil.

O portal compila objetos educacionais abertos para uso de alunos e professores da educação básica, superior e pós graduação que busquem aprimorar seus conhecimentos. O EduCapes engloba em seu acervo milhares de objetos de aprendizagem, incluindo textos, livros didáticos, artigos de pesquisa, teses, dissertações, vídeo-aulas, áudios, imagens e quaisquer outros materiais de pesquisa e ensino que estejam licenciados de maneira aberta, publicados com autorização expressa do autor ou ainda que estejam sob domínio público.

O acesso aos materiais é feito de forma híbrida: pode ser feito por meio de sincronismo, remetendo a repositórios parceiros ou pela ferramenta busca, que retoma materiais hospedados no próprio portal. A Diretoria de Educação a Distância da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) tem o objetivo de disponibilizar os conteúdos da UAB para toda a população brasileira, considerando que a fonte de recursos é pública e seus produtos devem estar acessíveis a todos os cidadãos.

UAB
Criada em 2005, o sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) é um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária, por meio do uso da metodologia da educação a distância. O público em geral é atendido, mas os professores que atuam na educação básica têm prioridade de formação, seguidos dos dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica dos estados, municípios e do Distrito Federal. Hoje, o Sistema é coordenado pela Diretoria de Educação a Distância (DED) da Capes.

Além de coordenar o Sistema UAB, a DED/CAPES é responsável pela gestão do Programa de Mestrado Profissional para Qualificação de Professores da Educação Básica (PROEB). Atualmente, são ofertados mestrados profissionais em rede nacional no formato semipresencial voltados a professores da educação básica nas áreas de: Matemática (Profmat); Letras (Profletras); Ensino de Física – MNPEF (ProFis); Artes (ProfArtes); e História (ProfHistória). Também são ofertados neste mesmo formato os cursos em Administração
Pública (ProfiAP) e em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos (ProfÁgua).

(Com informações da UFSC)

Leia também:
Fórum de coordenadores UAB promove palestra sobre direitos autorais
Novo Portal EduCapes compila conteúdos educacionais abertos

Compartilhe o que você leu