Notícias Bolsista ganha prêmio de melhor trabalho em evento nos Estados Unidos
Pós-Doutorado

Bolsista ganha prêmio de melhor trabalho em evento nos Estados Unidos

Publicado: Segunda, 12 Setembro 2016 10:52 , Última Atualização: Sexta, 16 Setembro 2016 11:48

O bolsista de pós-doutorado no exterior pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) Julio Rezende foi contemplado com o prêmio de melhor paper convidado no evento 20ª Multiconferência sobre Sistemas, Cibernética e Informática (20Th World Multiconference on Systemics, Cybernectics and Informatics). O evento foi realizado na cidade de Orlando, em julho de 2016.

A pesquisa premiada foi realizada no âmbito do Programa Estágio Pós-Doutoral PCTI 2014 - Parques Tecnológicos. “É muito bom esse reconhecimento e mostra como os auxílios da Capes tem sido importantes para o aprofundamento técnico e científico e começa a gerar importantes indicadores para a ciência brasileira e o campo de conhecimento da inovação”, comentou o pesquisador sobre a premiação.

12092016 juliorezende bolsista destaque 01

Julio Rezende, que também é professor do curso de Engenharia da Produção da ‎Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), desenvolveu a pesquisa de pós-doutorado na University of Central Florida, a segunda maior instituição americana em número de alunos nos Estados Unidos. “Um dos objetivos originais da pesquisa foi estudar empresas de tecnologia limpa inseridas no contexto de ambientes de inovação como incubadoras de empresas e parques tecnológicos. Durante a realização da pesquisa percebe-se que as empresas de game e simulação poderiam ser compreendidas como empresas de tecnologia limpa, tendo em vista que essas empresas virtualizam - isto é: trazem para o ambiente de realidade virtual – a recriação de vários ambientes que existem no mundo real”, explica.

O trabalho premiado tem o título Criando a Economia de virtualidade: aspectos sistêmicos e considerações educacionais (Creating the Economy of Virtuality: systemic aspects and educational considerations). “Questiona-se quanto a realização de simulações podem proporcionar de economia para organismos governamentais. Quando se faz a simulação de combate em um F-15 está se evitando o consumo de combustível assim como se elimina possíveis riscos de ser perder uma aeronave em uma real situação de combate. É com base nesse sentido que se percebe que games e simulações possuem um importante conteúdo ambiental quando se evita que se consuma outros recursos físicos no provimento da experiência de virtualidade”, ressalta o pesquisador.

Experiência e retorno
O professor define os aspectos positivos da experiência especialmente pela rede de contatos que se forma em torno da pesquisa. “A experiência de realizar a experiência de estudo no exterior é importante, pois permite a aproximação com agentes de desenvolvimento local; conversar com empreendedores; ver como funciona diferentes Sistemas Locais de Inovação; perceber como são desenvolvidos os mecanismos responsáveis pela construção de competências nas áreas de empreendedorismo e inovação.”

De volta ao Brasil, Julio Rezende acredita que a pesquisa realizada pode ser importante para a realidade do país. “Uma das contribuições da pesquisa refere à avaliação de práticas de sustentabilidade realizadas por incubadoras de empresas e parques tecnológicos nos Estados Unidos e alguns estados brasileiros. A partir da pesquisa, foi possível identificar quais seriam as práticas de sustentabilidade mais presentes e quais seriam atividades de sustentabilidade social, ambiental e econômica que essas organizações poderiam melhorar. O diagnóstico obtido resultou na proposição do programa intitulado Go Green Incubator, que se trata de um conjunto de 20 ações para as incubadoras e parques tecnológicos colaborarem no combate da mudança climática”, conclui.

Consulte aqui outras matérias sobre a atuação de outros bolsistas da Capes.

(Pedro Arcanjo)

Compartilhe o que você leu