Notícias Capes e empresa farmacêutica oferecem bolsas de pós-doutorado
Ciência sem Fronteiras

Capes e empresa farmacêutica oferecem bolsas de pós-doutorado

Publicado: Quinta, 08 Janeiro 2015 11:26 , Última Atualização: Quinta, 08 Janeiro 2015 13:48

Publicado nesta quinta-feira, 8, o edital do Programa Estágio Pós-Doutoral Bayer 2015, uma parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com a empresa farmacêutica Bayer no âmbito do Ciência sem Fronteiras (CsF). As inscrições vão até o dia 20 de fevereiro.

O programa irá selecionar bolsistas para estágio no nível de pós-doutorado, voltado para a inovação tecnológica nas áreas de pesquisa e desenvolvimento agronômico e de fármacos, visando descobrir, pesquisar e desenvolver produtos inovadores, constituindo-se em mecanismo de reforço a centros de pesquisa nacionais.

A bolsa terá uma duração de seis meses renováveis em função do desempenho do bolsista por um período máximo de 24 meses. A Capes concederá benefício no valor de US$ 2.100 para os pesquisadores que forem estagiar nos Estados Unidos e de € 2.100 para os bolsistas na Europa. Estão previstos, ainda, os benefícios como auxílio-instalação, seguro-saúde e auxílio-deslocamento.

Com atuação global nos setores de saúde, agronegócios e materiais inovadores, a Bayer entra como mais uma empresa parceira do programa Ciência sem Fronteiras. Hoje, no Brasil, a companhia conta 4.500 colaboradores e está entre as cinco maiores operações do grupo no mundo, com duas fábricas localizadas em São Paulo, cidade onde também está sua sede brasileira, e Belford Roxo, Rio de Janeiro.

Acesse o edital.

CsF
Lançado em dezembro de 2011, o Ciência sem Fronteiras já concedeu mais de 87 mil bolsas. O programa busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Educação (MEC) e da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) por meio de suas respectivas instituições de fomento – Capes e CNPq.

Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no programa, bem como criar oportunidade para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior. Dados do programa podem ser consultados no Painel de Controle do CsF.

(CCS/Capes)

Compartilhe o que você leu