Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Melhores teses defendidas em 2012 são premiadas em Brasília
Início do conteúdo da página

Melhores teses defendidas em 2012 são premiadas em Brasília

Escrito por Coordenação de Comunicação Social | Publicado: Quarta, 11 Dezembro 2013 13:32 | Última Atualização: Quarta, 21 Maio 2014 20:33

Aconteceu, nesta terça-feira, 10, a solenidade de entrega do Prêmio e do Grande Prêmio Capes de Tese 2013. O evento aconteceu na sede da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, citou, durante a solenidade, o imenso desafio que é a educação brasileira, especialmente a educação superior. "Temos um atraso histórico muito grande. A expansão do ensino superior com qualidade é indispensável para dar oportunidade a todos que querem estudar e crescer. Vocês [premiados] são a elite da produção científica e têm o papel de devolver isso ao nosso país. Vocês, seguramente, vão entusiasmar nossa rede. Precisamos evoluir na educação para permitir uma inclusão social sustentável."

IMG 8980-pct2013-11122013
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, destacou o papel que os vencedores tem em devolver o conhecimento ao país (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

O presidente da Comissão Executiva do Prêmio Capes de Tese e diretor de Avaliação da Capes, Livio Amaral, anunciou a satisfação de trabalhar em mais uma edição do Prêmio. "Celebramos tantas coisas e a produção do conhecimento, o alcance de novos patamares na ciência, tecnologia e inovação quase não é festejado."

IMG 7979-pct2013-11122013
Livio Amaral, presidente da Comissão Executiva do Prêmio Capes de Tese e diretor de Avaliação da Capes, anunciou a satisfação de trabalhar em mais uma edição do Prêmio (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

José Fernandes de Lima, presidente do Conselho Nacional de Educação, repartiu da mesma opinião. "Estamos comemorando a ampliação do conhecimento no país. Sempre que venho à Capes, sinto uma satisfação imensa, pois aqui, claramente, vemos como o conhecimento avança no país. Não só cresce a quantidade de candidatos/programas, mas a qualidade dos trabalhos tem sempre evoluído."

O ministro interino da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luiz Antonio Rodrigues Elias, citou um dos mantras que deve ser seguido pela sociedade brasileira de que a sociedade do futuro é a sociedade do conhecimento. "Parabenizo o Prêmio Capes de Tese, que representa tudo de excelência que estamos produzindo no Brasil. Ele mostra que o Brasil está no rumo certo. Podemos nos orgulhar de nossos pesquisadores e de nossas produções."

IMG 8687-pct2013-11122013
Nesta edição, das 645 teses de doutorado defendidas em 2012 que foram inscritas por programas de pós-graduação de 80 instituições, 48 foram selecionadas, sendo elas de 21 instituições (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Premiação
Nesta edição, das 645 teses de doutorado defendidas em 2012 que foram inscritas por programas de pós-graduação de 80 instituições, 48 foram selecionadas, sendo elas de 21 instituições. Destas, 58% foram desenvolvidas por homens e 42% por mulheres. A área de "Materiais" não teve premiado.

IMG 8716-pct2013-11122013
Concorreram ao Grande Prêmio Capes de Tese os autores vencedores que apresentaram à Capes uma vídeo-aula destinada a estudantes de ensino médio (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Foram concedidas, ainda, menções honrosas do Prêmio Capes de Tese a 88 teses de doutorado defendidas em 2012, de 30 instituições – 48% desenvolvidas por homens e 52% por mulheres.

Prêmios Especiais
O presidente da Capes, Jorge Almeida Guimarães, deu uma saudação especial aos parceiros do Prêmio, Fundação Conrado Wessel (FCW), Fundação Carlos Chagas (FCC), Instituto Paulo Gontijo (IPG) e Interfarma, pela primeira vez na premiação. "Cada um de vocês ajuda a reconhecer mais um pouco o trabalho daqueles que realmente fazem a pós-graduação acontecer."

IMG 8083-pct2013-11122013
O presidente da Capes, Jorge Guimarães, saudou os parceiros do Prêmio no reconhecimento das ações da pós-graduação (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Desde a edição de 2012, a premiação em parceria com a FCC foi adicionada. Foi entregue um prêmio adicional de R$ 15 mil para a tese vencedora na área de Educação e R$ 5 mil para as teses ganhadoras de menções honrosas nas áreas de Educação e de Ensino. Claudia Davis, pesquisadora sênior da FCC, representante da Fundação, falou sobre a felicidade da entidade em comemorar teses que serão fonte de inspiração para outras teses, que permitirão melhorias na qualidade de ensino. "Assim a gente constrói um Brasil melhor, mais agradável de se viver."

IMG 8667-pct2013-11122013
A premiação em parceria com a Fundação Carlos Chagas concedeu um prêmio adicional de R$ 15 mil para a tese vencedora na área de Educação (Foto: Edson Morais - CCS-Capes)

O vencedor do Prêmio Capes de Tese na área de Química recebeu do IPG um prêmio adicional de R$ 15 mil. Durante seu discurso, a vice-presidente do Instituto, Marcela Gontijo, citou uma fala de seu pai, Paulo Gontijo, idealizador do Prêmio IPG: "A ciência é uma construção que não termina nunca." Em seguida agradeceu àqueles que fazem do conhecimento uma constante renovação e da ciência uma construção interminável. "Felizes são aqueles que podem colocar um tijolo neste edifício."

IMG 8756-pct2013-11122013
O vencedor do Prêmio Capes de Tese na área de Química recebeu do Instituto Paulo Gontijo um prêmio adicional de R$ 15 mil (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Nova premiação
Inédito, outro prêmio especial foi entregue durante a solenidade. Fruto de acordo entre a Capes e a Interfarma - Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa, o prêmio reconhece teses de doutorado relacionadas à Inovação e Pesquisa na Área de Saúde Humana ou Ética/Bioética no Brasil, selecionadas dentre as teses vencedoras do Prêmio Capes de Tese nas áreas de Medicina, Odontologia, Farmácia, Enfermagem ou de ciências Biomédicas (que incluí Genética; Fisiologia, Bioquímica, Farmacologia; Imunologia, Microbiologia, Parasitologia e Biologia Celular). Os critérios de premiação considerados foram inovação e pesquisa na área de saúde humana ou ética/bioética no Brasil, originalidade e relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social.

O Prêmio Capes-Interfarma de Inovação e Pesquisa foi constituído de dois prêmios no valor bruto de R$ 26.495,75 cada, troféu e certificado para os autores e certificado de premiação outorgado ao orientador, co-orientador e ao programa em que foi defendida a tese. A diretora Maria José Delgado Fagundes, representando a presidência da Interfarma, ressaltou o apoio da associação à pesquisas científicas que causem impacto na vida das pessoas. "Precisamos dos inovadores, que, nesta ocasião, são os senhores [premiados]."

IMG 8804-pct2013-11122013
O Prêmio Capes-Interfarma foi entregue pela primeira para tese de doutorado relacionadas à Inovação e Pesquisa na Área de Saúde Humana ou Ética/Bioética no Brasil (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

Grandes Prêmios
Outorgado às três melhores teses ganhadoras do Prêmio Capes selecionadas nos três grupos de grandes áreas (Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias I e Multidisciplinar – Ciências Ambientais; Engenharias, Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar – Materiais e Biotecnologia; e Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes, Ciências Sociais Aplicadas e Multidisciplinar – Ensino e Interdisciplinar), cada Grande Prêmio recebe o nome de um cientista ilustre, cuja pesquisa tenha se enquadrado no conjunto em que a premiação é concedida. Para a edição de 2013, foram homenageados, respectivamente, Zeferino Vaz, Álvaro Alberto da Mota e Silva e Darcy Ribeiro.

Concorreram ao Grande Prêmio Capes de Tese os autores vencedores do Prêmio Capes de Tese que apresentaram à Capes uma vídeo-aula com duração de 20 a 30 minutos, em CD ou DVD, destinada a estudantes de ensino médio, abordando, de forma apropriada a tal nível educacional, o tema da tese de doutorado.Concorreram ao grande prêmio, portanto, 38 teses premiadas, cujos autores apresentaram o vídeo.

Além do certificado, bolsa para realização de estágio pós-doutoral em instituição nacional de até cinco anos, podendo converter um ano em estágio pós-doutoral fora do país em uma instituição de notória excelência na área de conhecimento do premiado, os contemplados receberam U$ 15 mil da Fundação Conrado Wessel. Os orientadores recebem certificado e auxílio equivalente a uma participação em congresso internacional, no valor de R$ 6 mil.

O diretor-presidente da FCW, Américo Fialdini Júnior, parabenizou os premiados e as demais apoiadoras do prêmio. "É bom ter companheiros para iniciativas como essa". Para os premiados, afirmou que estão escrevendo a história do Brasil e agradeceu a oportunidade de participar da premiação.

Premiados
O premiado do Grande Prêmio Capes de Tese Álvaro Alberto da Mota e Silva, Jonas Maziero, com a tese "Quantificação, Dinâmica, Testemunho e Aplicações da Discórdia Quântica" agradeceu o reconhecimento aos seus esforços. "Não dá para descrever, mas acho que é uma recompensa por um trabalho que foi difícil, foi duro, mas, no fim, valeu a pena. O premiado defendeu a tese pelo programa de pós-graduação em Física da Universidade Federal do ABC.

Priscila Pini Zenatti, do Programa de Pós-graduação em Genética e Biologia Molecular da Universidade Estadual de Campinas, com a tese "Estudo do IL-7R na Leucemia Linfoide Aguda Pediátrica de Linhagem T", premiada no grupo de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias I e Multidisciplinar – Ciências Ambientais, afirmou que sempre quis desenvolver trabalhos na área da saúde, mas que começou seu trabalho sem muita expectativa com relação ao tema. "No desenvolver das pesquisas, o estudo tomou dimensões muito maiores que as que eu esperava. Foi uma alegria muito grande e a motivação foi aumentando no decorrer do projeto. Ter o trabalho reconhecido com este prêmio é uma satisfação enorme."

IMG 9335-pct2013-11122013
Outorgado às três melhores teses ganhadoras do Prêmio Capes, o Grande Prêmio foi concedido a trabalhos na área de física, biologia molecular e história social (Foto: Edson Morais - CCS/Capes)

O vencedor do Grande Prêmio Darcy Ribeiro, Aldair Carlos Rodrigues, autor da tese "Poder Eclesiástico e Inquisição no Século XVIII Luso-Brasileiro: agentes, carreiras e mecanismos de promoção social", do programa de pós-graduação em História Social da Universidade de São Paulo, demonstrou-se surpreso com a premiação. "Não esperava, primeiro, pelo Prêmio Capes de Tese, com a melhor tese na área de História, e, com o Grande Prêmio, eu quase caí da cadeira. Fiquei muito surpreso, não esperava isso. Talvez minha orientadora, Laura de Mello e Souza, esperasse, pois sempre acreditou e apostou em mim, além de me dar todo apoio para a realização do trabalho, mas eu não." Aldair espera, para o futuro, continuar suas pesquisas e pleitear uma vaga como professor em universidades públicas. "É isso que eu gosto: fazer pesquisas e dar aulas."

Prêmio Capes de Tese
O Prêmio Capes de Tese foi instituído no ano de 2005, com objetivo de outorgar distinção às melhores teses de doutorado defendidas e aprovadas nos cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação. São considerados na seleção os quesitos originalidade, inovação e qualidade. Os autores das teses recebem certificado, medalha e bolsa de pós-doutorado no país por um ano. Já os orientadores recebem certificado e auxílio equivalente a uma participação em congresso no país.

Na edição de 2012, foram selecionadas 44 teses. As áreas "Administração, Ciências Contábeis e Turismo", "Ensino" e "Zootecnia/Recursos Pesqueiros" não tiveram premiados. Destas, 52% foram desenvolvidas por homens e 48% por mulheres.
Foram concedidas, ainda, menções honrosas do Prêmio Capes de Tese a 78 teses de doutorado defendidas em 2011, sendo 41% desenvolvidas por homens e 59% por mulheres. As áreas de "Ciência da Computação" e de "Psicologia" não receberam esta premiação.

Para ter acesso a mais fotos da solenidade, acesse este link. Caso sejam publicadas, os créditos devem ser atribuídos a Edson Morais – ACS/Capes.

(Natália Morato)

Fim do conteúdo da página