Notícias Conhecimento e materiais trocados entre pesquisadores
Solidariedade à Pesquisa

Conhecimento e materiais trocados entre pesquisadores

Publicado: Segunda, 27 Julho 2020 09:25 , Última Atualização: Segunda, 03 Agosto 2020 19:09

O serviço Solidariedade à Pesquisa permite compartilhamento de insumos e facilita andamento de pesquisas e trabalhos científicos

27072020 fotos dentro materia plataforma solidariedade

O professor de um dos poucos programas de pós-graduação em Química na região do semiárido brasileiro e uma professora do curso de  Odontologia de uma universidade de São Paulo compartilham informações, conhecimento e matérias-primas para suas pesquisas em um mesmo ambiente virtual. A plataforma Solidariedade à Pesquisa está no meio disso, propiciando a interação a distância.

Rodrigo de Oliveira é professor do Programa de Pós-Graduação em Química da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), que tem uma de suas linhas de pesquisa voltada ao estudo das argilas naturais da região. Modificando superficialmente suas partículas, ele desenvolve sua aplicação na medicina regenerativa. “É importante acompanhar o processo de sedimentação dessas partículas, que é uma propriedade variável e pode ser medida através de turbidímetro, o equipamento que solicitei no Solidariedade à Pesquisa”, explicou o professor.

Já o trabalho de Ana Lia Anbinder, professora da Universidade Estadual Paulista (Unesp), estuda os efeitos dos probióticos –  bactérias que podem beneficiar a saúde do hospedeiro – na redução da inflamação e da perda óssea associada à doença periodontal, que é a principal causa da perda dentes na população adulta. Durante o seu projeto, foram comprados kits Elisa para avaliação de citocinas inflamatórias produzidas por células humanas cultivadas in vitro. Algumas placas, que não são úteis na fase atual do seu trabalho, sobraram e, então, foram oferecidas pela plataforma.

27072020 fotos dentro materia plataforma solidariedade 02

Para a pesquisadora, o Solidariedade à Pesquisa estimula a redução do desperdício, “uma ideia muito inteligente para otimizar os recursos que nós temos, não só para fortalecer a ciência brasileira, mas também para a economia, o meio ambiente e a sociedade”.

Solidariedade à Pesquisa
É uma plataforma desenvolvida pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com acompanhamento e gestão da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e o apoio da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), em resposta à demanda de programas de pós-graduação. Destinada ao público acadêmico-científico das instituições de ensino superior brasileiras, permite a colaboração por troca, empréstimo ou doação de insumos para pesquisas e trabalhos científicos, além de ampliar a cooperação interdisciplinar e interinstitucional.

A solicitação de materiais é feita pelo endereço https://solidariedade.unicamp.br, onde também é possível visualizar o conteúdo disponível.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu