Notícias CAPES participa de reunião do Conselho Deliberativo do CNPq
Pesquisa e inovação

CAPES participa de reunião do Conselho Deliberativo do CNPq

Publicado: Quarta, 03 Junho 2020 15:02 , Última Atualização: Quarta, 03 Junho 2020 15:02

Benedito Aguiar, presidente, é membro do colegiado da agência de fomento. Encontro marcou a apresentação do novo presidente do CNPq aos conselheiros.

03062020 FOTO DENTRO MATERIA REUNIAO CONSELHO CNPQ

Benedito Aguiar, presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), participou nesta quarta-feira, 03, da 188ª reunião do Conselho Deliberativo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Por videoconferência, o colegiado foi apresentado ao novo presidente do CNPq, Evaldo Vilela, que fez um balanço da situação da agência, atualizou os conselheiros sobre a parte administrativa e financeira, e mostrou planos e perspectivas do órgão. As chamadas para pesquisa e a renovação dos Comitês de Assessoramento foram outros pontos em pauta na reunião.

Benedito Aguiar parabenizou o esforço feito pela comunidade científica no enfrentamento ao novo coronavírus. Ele destacou que a integração entre as agências de fomento é fundamental e reforçou a necessidade de estreitar os laços com os setores produtivos. “Temos muito que refletir sobre a forma de trabalho e a necessidade de trabalho conjunto. Precisamos aumentar a integração entre governo e segmentos organizados da sociedade”, afirmou.

Evaldo Vilela agradeceu a presença de Aguiar e reforçou a importância da manutenção de iniciativas conjuntas: “É um prazer poder trabalhar em parceria para o engrandecimento da ciência brasileira". 

A CAPES e o CNPq desenvolvem juntos diversas ações de incentivo à pesquisa, como o Programa Antártico Brasileiro (ProAntar). A iniciativa conta com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e terá investimento de R$18 milhões até 2023. Com os recursos da CAPES, são financiados 15 projetos de pesquisa com a concessão de 48 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu