Notícias Tecnologia e acessibilidade: as estrelas da inovação
Workshop

Tecnologia e acessibilidade: as estrelas da inovação

Publicado: Sexta, 29 Novembro 2019 16:35 , Última Atualização: Terça, 03 Dezembro 2019 10:48

Foto allan 3

No encerramento do II workshop de inovação da CAPES, em 28 de novembro, foram feitas as últimas apresentações dos trabalhos para o público.

Todos os projetos apresentados no workshop fazem parte de um conjunto de editais voltados ao desenvolvimento e aplicação de tecnologias no ensino EaD no país. Com a temática ‘jogos virtuais para formação de professores’, o edital de Nº 42/2017 possibilitou trabalhos como o Design Educacional de Estratégias e Percursos, ou Deep, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Foto allan 4

“Nós criamos um jogo digital, o Deep, que possui um design educacional e atualizado, para trabalhar as estratégias e os percursos do professor em sala de aula. Ele consegue identificar como está indo a dinâmica com alunos, se o planejamento é apto para aquela turma, tudo isso dinamizado em um sistema inovador”, disse Paula Carolei, responsável pelo projeto.

IMG 2391

Alguns trabalhos tratavam de ferramentas de acessibilidade, norteados pelo edital n°3/2018. O documento pretendia aproveitar ferramentas tecnológicas existentes para democratizar o acesso à informação. Este é o caso do CLibras Aberta.

“Nosso trabalho visa atender às necessidades do aluno surdo em sala de aula, palestras, e em situações tradicionais da vida acadêmica, como bibliotecas, secretarias, onde, com o nosso sistema, ele consegue solicitar um intérprete para auxiliar nessas questões”, explicou Alexandre Carneiro da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Dos 25 projetos apresentados, três serão premiados hoje, 29, na cerimônia de encerramento do XVI Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu