Notícias CAPES e Cofen vão investir R$ 3,5 milhões na formação de enfermeiros
PARCERIA

CAPES e Cofen vão investir R$ 3,5 milhões na formação de enfermeiros

Publicado: Quinta, 21 Novembro 2019 16:28 , Última Atualização: Quinta, 21 Novembro 2019 16:28

21112019 MG 0730

Com um investimento de R$ 3,5 milhões, a CAPES e o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) lançaram durante o Encontro CAPES pela Amazônia Legal um edital para apoiar programas de pós-graduação em Enfermagem, na modalidade de mestrado profissional presencial. O evento acontece na Universidade Federal do Amazonas, em Manaus, e vai até sexta-feira, 22.

A intenção é formar profissionais fora dos centros já consolidados de ensino e pesquisa, contribuir para o desenvolvimento, o fortalecimento e a ampliação de programas de pós-graduação stricto sensu, qualificar recursos humanos altamente especializados e promover a cooperação acadêmica e o desenvolvimento de pesquisa científica e tecnológica.

Zena Martins, diretora de Programas e Bolsas no País, celebrou o lançamento do segundo edital. "É uma formação de profissionais da área muito voltado para a Amazônia legal", afirmou a diretora.

David Lopes Neto, representante do Cofen no evento, ressaltou o que espera do programa. "O impacto desse programa vem principalmente na melhoria da qualidade da assistência da enfermagem, em especial, para o fortalecimento do sistema único de saúde", afirmou.

Foram definidas duas modalidades de turmas participantes:
Turma-Sede: refere-se às de mestrado profissional, com nota 3 ou superior, na Avaliação Quadrienal de 2017 da CAPES, em instituições de ensino superior (IES), públicas ou privadas, que já promovem seu programa de pós-graduação.
Turma Fora de Sede: terá o curso promovido, gerido e coordenado por uma instituição que já possua o programa de pós-graduação, com nota 4 ou superior na avaliação da CAPES. Mas, neste caso, as aulas serão ministradas numa instituição receptora, que garantirá a infraestrutura e o apoio administrativo. Esta modalidade será prioridade no Programa.

O valor máximo destinado por projeto de Turma-Sede será de R$250 mil e, para Turma Fora de Sede, R$300 mil. Os cursos terão duração de 24 meses e cada turma terá de três a dez alunos.

Os pagamentos serão feitos diretamente pelo COFEN aos coordenadores dos projetos em duas parcelas, com previsão de metade em 2020 e a outra em 2021. Os recursos serão destinados ao custeio de hospedagem, passagem, materiais e consumos relacionados ao projeto. A prestação de contas pelos coordenadores ocorrerá em dois momentos: até 60 dias antes da liberação da segunda parcela e dois meses após a conclusão do curso.

Convênio
Este será o segundo edital entre a CAPES e o COFEN. O primeiro foi assinado em 2016 e formou 140 alunos em 16 programas de mestrado. Além do estímulo à formação profissional, a parceria também promove pesquisas sobre Sistematização da Assistência de Enfermagem.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu